PUBLICIDADE
Topo

Notícias em primeira mão dos bastidores do futebol, informações exclusivas sobre o seu time, novidades do mercado da bola e o melhor do jornalismo esportivo em um só lugar. Só para assinantes UOL!

Agente oferece ex-Real Madrid para ser técnico do Athletico-PR em 2021

Guti virou ídolo no Real Madrid após atuar por 15 anos com a camisa merengue - AFP/Pierre-Philippe Marcou
Guti virou ídolo no Real Madrid após atuar por 15 anos com a camisa merengue Imagem: AFP/Pierre-Philippe Marcou
Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, em São Paulo

29/10/2020 04h00

Hoje treinador, o ex-jogador Guti, que atuou pelo Real Madrid entre 1994 e 2010, foi oferecido ao Athletico-PR no mercado da bola. A ideia dos agentes é estruturar um projeto e transformar o espanhol em técnico do clube paranaense a partir do próximo ano. Paulo Autuori é o atual comandante da equipe, mas se tornará diretor técnico em 2021.

Os contatos para que o europeu se mude para a Arena da Baixada são feitos pelo agente paraguaio Santiago Mereles. Ele quem procurou o presidente Mario Celso Petraglia e o próprio Autuori para falar sobre o assunto. Ainda não houve uma resposta da diretoria do Athletico-PR sobre a situação. Guti foi técnico das divisões de base do Real Madrid entre 2013 e 2018. Ele foi auxiliar do Besiktas, da Turquia, na sequência e, posteriormente, comandou o Almería, da Espanha. (Por Thiago Fernandes)

Espanhol busca contatos para se oferecer ao Palmeiras

Guille Pereira, auxiliar do técnico espanhol Tony Hernández, buscou na imprensa brasileira contatos de diretores do Palmeiras, ontem (28), tentando "apresentar um projeto" ao clube diante do cargo vago desde a demissão de Vanderlei Luxemburgo. Aos 39 anos de idade, Tony tem um título na carreira: a Supercopa da Ruanda de 2019, pelo Mukura Victory Sports. O braço direito do treinador, porém, ouviu de membros da cúpula alviverde que a busca por um novo comandante estava encaminhada — Abel Ferreira, do PAOK (GRE), tem negociações adiantadas. (Por Thiago Fernandes e Thiago Ferri)

Candidata à Prefeitura do Rio "anulou" eleição do Vasco em 2018

Candidata à prefeitura do Rio de Janeiro, Glória Heloíza (PSC-RJ) é conhecida do torcedor do Vasco. Ex-juíza do Tribunal de Justiça (TJ-RJ), ela foi responsável, em 2018, por deferir um pedido de tutela de urgência que anulou provisoriamente a eleição cruz-maltina do ano anterior que definiu Alexandre Campello como presidente. Na ocasião, Glória Heloíza estava como juíza tabelar da 28ª Vara Cível e acatou as denúncias de fraudes no pleito, determinando uma nova votação para dezembro daquele ano e com a proibição de participação do ex-presidente Eurico Miranda, de sua chapa e de todos os sócios da famosa urna 7, anulada pela Justiça. O processo correu em várias instâncias, mas em março de 2019 a decisão foi derrubada pelos desembargadores da 17ª Vara Cível, mantendo Campello como mandatário até hoje. (Por Bruno Braz)

Grêmio preferiu Diego Churín a alemão filho de ex-Fla

O Grêmio preferiu investir na contratação de Diego Churín em detrimento da chance de contratar Rodrigo Pinho, atacante do Maritimo e atual artilheiro do Campeonato Português. Autor de cinco gols no início desta temporada, ele foi oferecido ao clube gaúcho semanas atrás e não foi unanimidade. As características de jogo pesaram. Rodrigo Pinho, 29 anos, começou no Bangu e está em Portugal desde 2015. O jogador tem dupla nacionalidade: brasileiro e alemão. Nasceu na Alemanha e é filho de Nando Pinho, ex-jogador do Flamengo e Bangu. (Por Jeremias Wernek)