PUBLICIDADE
Topo

UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão


UOL de Primeira

Fla se incomoda com distribuição de camisas e avalia parceria com Adidas

Camisa da Adidas utilizada pelo Flamengo na retomada da temporada 2020 - Alexandre Vidal/Flamengo
Camisa da Adidas utilizada pelo Flamengo na retomada da temporada 2020 Imagem: Alexandre Vidal/Flamengo
Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, em São Paulo

26/08/2020 04h00

O contrato entre Flamengo e Adidas vai até 2023, mas o clube avalia possibilidades para o futuro ante a insatisfação com a gigante alemã. A relação já não é das mais amistosas desde que a empresa atrasou o pagamento dos R$ 8,8 milhões previstos para o primeiro semestre e ficou ainda mais tensa após o Fla fazer as contas e concluir que vendeu menos uniformes em 2019 do que em 2009. No ano passado, camisas do Fla viraram artigo de luxo após os títulos do Brasileiro e da Libertadores. No embalo do Brasileiro de 2009, a Olympikus supriu a demanda.

Na tarde de ontem, Luiz Eduardo Baptista, o Bap, vice de Relações Externas do clube, comandou um papo que contou com as presenças de Gustavo Oliveira, vice de comunicação, e o diretor de futebol Bruno Spindel e o gerente Gabriel Skinner. Oriundos do marketing, Spindel e Skinner conviveram com as duas fornecedoras e foram chamados para a conversa. O acordo vai até 2023, mas alternativas e melhorias estão sendo debatidas. (Por Leo Burlá e Pedro Ivo Almeida)

UOL de Primeira