PUBLICIDADE
Topo

UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão


Google se recusa a apresentar dados de e-mail usado por hacker ao SPFC

Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, em São Paulo

30/07/2020 04h00

À Justiça, o Google se recusou a apresentar os dados do endereço de e-mail utilizado por um suposto hacker para chantagear o clube em novembro do ano passado. A empresa argumentou que os acessos ao endereço foram todos feitos da União Europeia - países como Suécia, Letônia e Irlanda. Por causa da legislação europeia, o Google disse à Justiça Brasileira que não tinha como cumprir uma ordem judicial conseguida pelo São Paulo, que determinava a apresentação dos dados. A ordem foi suspensa, mas o processo ainda será julgado definitivamente e ela pode ser retomada.

O São Paulo foi ameaçado em novembro do ano passado por um hacker que se denominava "Edward Lorenz". Em uma série de e-mails enviados a diretores e conselheiros, Lorenz afirmava que tinha em mãos documentos sigilosos do clube, envolvendo transações de atletas e dados financeiros, e que iria publicá-los caso não recebesse R$ 1 milhão de reais. (Por Pedro Lopes)

UOL de Primeira