PUBLICIDADE
Topo

UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão


UOL de Primeira

Entidade cobra R$ 487 mil do Fla por venda de Vinicius Jr. ao Real Madrid

Vinicius Júnior, atacante do Real Madrid - Gonzalo Arroyo Moreno/Getty Images
Vinicius Júnior, atacante do Real Madrid Imagem: Gonzalo Arroyo Moreno/Getty Images
Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, em São Paulo

15/07/2020 04h00

A Federação Nacional dos Atletas Profissionais de futebol (Fenapaf), entidade sindical que representa os atletas na esfera federal, acionou o Flamengo na Justiça cobrando valores pela venda de Vinicius Jr. ao Real Madrid em 2017. A entidade cobra uma taxa de 0,2% sobre a transferência, que calcula em R$ 203 milhões. Com correção e honorários de advogados, o valor cobrado do Rubro-negro é de R$ 487 mil.

O clube tem 15 dias para apresentar a sua defesa. Antes de acionar a Justiça, a Fenapaf notificou o Flamengo extrajudicialmente em outubro de 2018. Segundo a entidade, os valores recolhidos são para prestar assistência social e educacional a atletas profissionais, em formação e ex-atletas. (Por Pedro Lopes)

Gre-Nal da volta do Gauchão ainda não tem aval da prefeitura de Porto Alegre

A prefeitura de Porto Alegre ainda não deu aval para realização do Gre-Nal 425, marcado para 22 de julho, e que marca a retomada do Gauchão. O comitê de crise do município vai se reunir para avaliar os indicadores da pandemia do novo coronavírus e analisar a situação. Na sexta-feira, Nelson Marchezan Jr., prefeito da capital gaúcha, se mostrou incomodado com liberação estadual para volta do Campeonato Gaúcho. (Por Jeremias Wernek)

Reunião no Corinthians teve ultimato de Gobbi para analisar contas de 2019

A reunião do Conselho de Orientação (CORI) do Corinthians na última segunda-feira (13) foi marcada por um ultimato de Mário Gobbi Filho pela análise das contas de 2019. O ex-mandatário e atual candidato à presidência precisou convencer alguns membros do grupo que queria postergar o processo. Na visão deles, a análise deveria acontecer depois de uma revisão do documento, com números atualizados depois de o Conselho Fiscal recomendar a reprovação por falta de informação ligadas ao caso Jucilei. Ao fim, o CORI votou e também sugeriu a reprovação das contas ao Conselho Deliberativo do clube. A votação definitiva será em até 26 dias. (Por Diego Salgado)

Bryan Ruiz usava carro alugado pelo Santos mesmo sem jogar nenhum jogo

O meia costarriquenho Bryan Ruiz, que rescindiu contrato com o Santos na última segunda-feira (13), usava um carro alugado pelo clube até o final do ano passado. Ainda que não tenha atuado um jogo sequer na última temporada, Ruiz seguiu utilizando o veículo previsto em contrato. Somente ele, Soteldo e Derlis faziam uso de carros alugados pelo clube entre os jogadores. O uruguaio Carlos Sánchez também tem carro previsto em contrato, mas não utiliza. O ex-técnico Jorge Sampaoli, o atual comandante Jesualdo Ferreira e seu auxiliar Rui Águas, além de três diretores, completam a lista de carros alugados pelo clube em parceria com diferentes concessionárias durante os últimos anos. (Por Eder Traskini)

Fiador de Dudamel, Atlético-MG pagou R$ 130 mil por aluguel em BH

O Atlético-MG foi fiador de Rafael Dudamel em sua mudança para o Brasil e teve que desembolsar R$ 130 mil para pagar à imobiliária AJS & Almeida Empreendimentos e Participações Ltda por causa do aluguel do treinador em um condomínio fechado de luxo de Nova Lima, na região metropolitana de Belo Horizonte. O valor estava estabelecido em contrato e foi quitado no início deste mês. A imobiliária chegou acionar o Galo na justiça para cobrar R$ 32,5 mil. Os mineiros, contudo, fizeram um acordo e quitaram o valor. O treinador venezuelano ficou em Belo Horizonte por menos de dois meses. Contratado em janeiro, teve que deixar o clube em fevereiro após eliminações precoces na Copa do Brasil e na Copa Sul-Americana. (Por Thiago Fernandes)

UOL de Primeira