PUBLICIDADE
Topo

UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão


UOL de Primeira

Congresso "congela" discussões de MP sobre direitos de transmissão

Jair Bolsonaro (e) e Rodolfo Landim (d)  - Reprodução/Instagram
Jair Bolsonaro (e) e Rodolfo Landim (d) Imagem: Reprodução/Instagram
Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, em Belo Horizonte e São Paulo

01/07/2020 04h00

A Medida Provisória (MP) 984, que dá aos clubes mandantes a prerrogativa de negociarem os direitos de transmissão, foi colocada em segundo plano na Câmara dos Deputados. Líderes do congresso veem medidas sobre a pandemia do novo coronavírus e a PEC das eleições municipais como prioridades para apreciação entre os políticos. Desta forma, o texto que ficou conhecido como 'MP do Flamengo' está "congelado" e sem qualquer previsão de votação.

O encontro ocorrido na tarde de ontem (30) entre o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e dirigentes de clubes foi visto pelos congressistas como uma ação importante para a popularidade do despacho assinado pelo poder executivo. Mas nem isso antecipou as conversas sobre o tema em Brasília. A Rede Globo de Televisão, uma das principais prejudicadas com a MP, nem sequer fez contato com líderes da Câmara dos Deputados que se envolvem no tema, como Marcelo Aro e Rodrigo Maia. (Por Thiago Fernandes)

Após teste de covid-19, Daniel Alves volta antes do combinado ao SPFC

Fernando Diniz contou com um reforço de peso nos testes de ontem (30), no CT da Barra Funda. Daniel Alves voltou a trabalhar com o restante do elenco antes do esperado após a quarentena por causa da pandemia do novo coronavírus. O jogador realizou o teste e, com o resultado negativo, passou a integrar as atividades. O camisa 10 havia feito um acordo com a direção do clube para ficar mais tempo em Florianópolis. A ideia inicial era de ele passar a frequentar o CT tricolor a partir de hoje (dia 1º). O jogador é o artilheiro da equipe nesta temporada com cinco gols marcados. (Por José Eduardo Martins)

Jogadores pedem e fisioterapeuta volta ao PSG para encerrar temporada

Após comunicar a saída do Paris Saint-Germain, o fisioterapeuta Bruno Mazziotti, foi convencido pelo apelo dos jogadores para encerrar a temporada no clube. O brasileiro faz parte de um corte que envolveu a demissão de profissionais da área médica, e já tinha decidido encerrar o trabalho no PSG. O pedido do elenco sensibilizou o profissional com mais de 15 anos de experiência no futebol e passagem pela seleção brasileira. O retorno ao PSG acontece na próxima semana. (Por João Henrique Marques)

As previsões do BRB em seu 1º ano com o Flamengo

O contrato de patrocínio aprovado pelo Flamengo inclui planos ambiciosos para o Banco de Brasília (BRB), que prevê abertura de 1,5 milhão de novas contas e a emissão de 3 milhões de cartões pré-pagos já no primeiro ano da parceria. Atualmente, a instituição financeira conta com 750 mil clientes. Pelo acordo, o Fla tem participação de 50% em alguns produtos vendidos e será sócio em um banco digital a ser criado. O contrato tem validade de três anos e garantirá R$ 32 milhões fixos ao clube. (Por Leo Burlá)

Santos põe 'cláusula extraordinária' em acordo de corte salarial de atletas

O Santos negocia o corte de salário com elenco por conta da crise causada pelo coronavírus. No período de pandemia, o Alvinegro pagou 30% do ordenado e agora oferece reembolso de 45% em três parcelas. Segundo apurou a De Primeira, o acordo possui uma cláusula de receita extraordinária. Em caso de venda de atletas até o fim do ano, o clube promete quitar a dívida com os jogadores à vista. (Por Samir Carvalho)

UOL de Primeira