PUBLICIDADE
Topo

UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão


Congresso consulta clubes e escuta que maioria aprova "MP do Flamengo"

MP que debate direitos de transmissão é obra de articulação entre Jair Bolsonaro (e) e Rodolfo Landim (d), do Flamengo - Reprodução/Instagram
MP que debate direitos de transmissão é obra de articulação entre Jair Bolsonaro (e) e Rodolfo Landim (d), do Flamengo Imagem: Reprodução/Instagram
Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, em Belo Horizonte e São Paulo

26/06/2020 04h00

A Câmara dos Deputados se reuniu com dirigentes de clubes e escutou que a maioria é favorável à Medida Provisória (MP) 984, assinada pelo presidente da República Jair Bolsonaro (sem partido). O despacho é conhecido como MP do Flamengo no Congresso por beneficiar o Rubro-Negro na questão envolvendo direitos de TV. Não houve objeção de dirigentes em relação à decisão do poder executivo, que permite a negociação individual do mandante sobre a transmissão das partidas. Alguns poucos times se queixaram de não serem ouvidos antes da publicação do texto. O teor da MP, no entanto, não foi contestado. A CBF também se mostra defensora da Medida Provisória.

Há a preocupação somente com algumas emendas - são mais de 90 até o momento. As propostas do deputado federal Pedro Paulo (DEM/RJ), por exemplo, são consideradas 'esdrúxulas' e vistas como anulações do texto de Jair Bolsonaro. O congressista propõe a negociação coletiva, o que é tratado como um retrocesso e age contra o artigo 217 da Constituição Federal, e a exigência da criação de uma liga dos clubes, que fere a Lei Pelé no artigo V, inciso XX. (Por Pedro Ivo Almeida e Thiago Fernandes)

UOL de Primeira