PUBLICIDADE
Topo

Notícias em primeira mão dos bastidores do futebol, informações exclusivas sobre o seu time, novidades do mercado da bola e o melhor do jornalismo esportivo em um só lugar. Só para assinantes UOL!

Para Neymar, PSG criou "fogueira" ao preservá-lo antes de jogo decisivo

Neymar em ação pelo PSG contra o Borussia Dortmund pela Champions League  - PressFocus/MB Media
Neymar em ação pelo PSG contra o Borussia Dortmund pela Champions League Imagem: PressFocus/MB Media

Do UOL, em São Paulo, Belo Horizonte, Santos e no Rio de Janeiro

20/02/2020 04h00

Neymar se sentiu jogado em uma "fogueira" pelo PSG ao ser preservado por quatro jogos contra sua vontade e tendo que retornar, sem ritmo de jogo, na partida mais importante da temporada, contra o Borussia Dortmund, anteontem (17), pela abertura dos mata-matas da Liga dos Campeões. Segundo pessoas próximas ao atacante, um dos motivos que o levou a insistir para estar em campo contra Lyon, Dijon e Ames foi o desejo de chegar ao confronto na Alemanha no auge físico e técnico.

Isso não aconteceu. Apesar de ter marcado um gol e ter tido boa atuação na derrota por 2 a 1, Neymar se sentiu distante da condição física ideal e sofreu para manter o rendimento durante os 90 minutos. Na avaliação do jogador, o período fora dos gramados por decisão médica do PSG interrompeu sua melhor fase com a camisa do clube parisiense, criou uma nova polêmica e aumentou a pressão para que, sem ritmo de jogo, respondesse com uma grande atuação. (Por Pedro Lopes)

Luizão receberá indenização por álbum de centenário do Palmeiras

O ex-atacante Luizão processou a Panini por usar sua imagem sem autorização no álbum "Palmeiras - centenário de glórias, lançado em 2014. O pentacampeão alegou, na ação, que jamais permitiu que a empresa utilizasse sua imagem de forma comercial no livro. A Justiça decidiu em favor do ex-jogador, e condenou a Panini a pagar uma indenização de R$ 25 mil. (Por Pedro Lopes)

Fred e Flu se resguardam e adiam acordo após rescisão com Cruzeiro

Fred obteve a rescisão contratual com o Cruzeiro por meio de uma liminar na Justiça. O atacante, no entanto, não fechará acordo com o Fluminense, sua prioridade, neste momento. Os problemas em casos anteriores, baseados em liminares, deixam o estafe do jogador e o clube mais cautelosos no mercado da bola . A negociação com o Tricolor, portanto, só será sacramentada depois que o atleta se encontrar com a diretoria cruzeirense em uma audiência conciliatória, no início de março. A ida de Gustavo Scarpa para o Palmeiras em litígio com o próprio Flu, por coincidência, é um exemplo que preocupa ambas as partes. Na ocasião, o meia obteve a rescisão em caráter liminar, mas os cariocas conseguiram reverter o quadro, e o jogador ficou alguns meses sem entrar em campo. Por isso, Fred e Fluminense seguem com cautela, até porque a eliminação na Copa Sul-Americana colocou água no chope dos tricolores, que consideram o momento ruim para anunciar o retorno do ídolo. (Por Caio Blois e Thiago Fernandes)

Maicosuel aguarda fim do contrato com o São Paulo para buscar um outro clube

O São Paulo calcula uma economia de R$ 18,7 milhões com a saída de jogadores que não eram tão utilizados. No entanto, o clube ainda vai ter de gastar cerca de R$ 1,2 milhão com um atleta que nem treina mais pelo clube. Maicosuel ainda não encontrou outro time para defender e só deve definir seu futuro após o Paulistão, segundo apurou a De Primeira. Contratado em 2017, o atacante tem acordo com o Tricolor até o fim de maio. O jogador teve problemas físicos e não se adaptou à equipe do Morumbi. Acabou sendo emprestado ao Grêmio, onde também não vingou, e ao Paraná. Aos 33 anos, ele não disputa uma partida desde junho de 2019. (Por José Eduardo Martins)

Carnaval adia sessão da CPI que apura incêndio no Ninho do Urubu

Com o Carnaval já tomando conta das ruas do Rio de Janeiro, a CPI que apura o incêndio no Ninho do Urubu, dentre outros incidentes de porte similar, adiou a sessão que aconteceria hoje (20). A tendência é que a audiência fique para a próxima sexta-feira (27), quando os parlamentares devem encerrar os trabalhos referentes à tragédia que vitimou dez jovens da base do Flamengo. Dentre os dirigentes da alta cúpula do clube, o presidente Rodolfo Landim foi o único que ainda não compareceu. O período de convocação ainda não está fechado. (Por Leo Burlá)

Santos coloca em xeque presença de TV oficial e mídias em viagens da Libertadores

Na última semana, o Santos viajou para Araraquara, interior de São Paulo, onde empatou por 0 a 0 com a Ferroviária, com apenas com um membro da equipe de comunicação: o assessor de imprensa do time profissional. Ao contrário das outras viagens até aqui, o fotógrafo oficial do clube e membros da equipe de mídias sociais e da Santos TV não estiveram no estádio, o que diminuiu o conteúdo criado no tempo real das redes sociais, além de tornar nula a produção de fotos e vídeos da partida. No duelo deste sábado, contra o Ituano, a equipe será completa. No entanto, ainda não há definição sobre as viagens internacionais que o Peixe fará na disputa da Libertadores. As mídias santistas estão em ascensão desde o ano passado, figurando regularmente no top 10 de interações nas Américas. (Por Eder Traskini)