Topo

UOL de Primeira

Os bastidores do futebol em primeira mão


Multa e cobrança da diretoria sobre elenco seguram Carille no Corinthians

Em Maceió, Corinthians de Carille chegou à sétima partida sem vitória pelo Brasileirão - Itawi Albuquerque/AGIF
Em Maceió, Corinthians de Carille chegou à sétima partida sem vitória pelo Brasileirão Imagem: Itawi Albuquerque/AGIF
Exclusivo para assinantes UOL

Do UOL, em São Paulo, Santos, Belo Horizonte, Porto Alegre e no Rio

31/10/2019 04h00

A multa rescisória e uma cobrança da diretoria sobre o elenco mantêm o técnico Fábio Carille no cargo após mais uma derrota do Corinthians, segundo apurou a De Primeira. O time dessa vez foi batido pelo CSA, pela 29ª rodada do Brasileirão, em Maceió, ontem.

O fato de pagar pela demissão colabora, mas não é um fator isolado. Os dirigentes entendem que a saída do treinador "aliviaria" e até isentaria os atletas de culpa pelo mau momento da equipe, que está há sete partidas sem vencer.

A reportagem ainda apurou que o valor da multa rescisória, que é decrescente no período de contrato, está hoje em R$ 3,6 milhões. A multa começou em R$ 6 milhões, mas baixou com os dez meses de Carille no cargo. O valor da multa cai conforme a proximidade do vencimento do contrato, no fim de 2020. (Por Samir Carvalho)

UOL de Primeira