PUBLICIDADE
Topo

Notícias em primeira mão dos bastidores do futebol, informações exclusivas sobre o seu time, novidades do mercado da bola e o melhor do jornalismo esportivo em um só lugar. Só para assinantes UOL!

Santos vê Robinho mais viável que Diego, mas enfrenta rejeição da torcida

Wallace Teixeira/Futura Press/Estadão Conteúdo
Imagem: Wallace Teixeira/Futura Press/Estadão Conteúdo

Do UOL, em Santos e São Paulo

09/08/2017 04h00

O Santos sonha com Diego e Robinho e planeja utilizar parte do dinheiro que receberá da transferência de Neymar ao PSG, da França. Apesar de desejar mais o meia do Flamengo no momento, o clube já sabe que seria mais viável financeiramente investir em Robinho.

No entanto, o clube paulista enfrenta a rejeição de torcedores para contratar Robinho para 2018. A torcida não engoliu a ida do atacante para o Atlético-MG em 2015. Desta forma, a cúpula santista terá que convencer os seus torcedores de que o atleta está arrependido e pretende se redimir com o clube que o revelou.

Nesta quarta-feira (9), o presidente Modesto Roma se reúne com a advogada Marisa Alija para tratar assuntos relacionados a jogadores das categorias de base. No entanto, o estafe de Robinho começará a partir deste mês a ouvir propostas sobre pré-contrato. Até o momento a agente do jogador não tratou de nenhuma negociação referente ao seu cliente mais badalado. (por Samir Carvalho)

Zhang - Divulgação/Desportivo Brasil - Divulgação/Desportivo Brasil
Zhang, ou o "Oscar chinês", em sua apresentação no São Paulo
Imagem: Divulgação/Desportivo Brasil

Cadê o chinês que joga no São Paulo?

Em março, o São Paulo contratou o chinês Zhang Yuanshu. Na realidade, o meia chegou ao clube como parte da negociação do empréstimo de Jucilei. Como o Shandong Luneng, dono dos direitos dos dois atletas, queria ver o jovem ganhar experiência, o Tricolor recebeu o jogador, de 20 anos, nas categorias de base.

No entanto, até agora, o chinês ainda não teve a oportunidade de entrar em campo. Segundo apurou a De Primeira, o treinador do sub-20 André Jardine até faz uma avaliação positiva do rapaz nos treinamentos, mas o deixou no banco por ter opções melhores.

Curiosamente, o Zhang Yuanshu já sabe se comunicar em português, mas, por conta da dificuldade das pessoas em pronunciar o seu nome e pela admiração pelo meia Oscar (do Shanghai SIPG), ele ficou conhecido como o Oscar chinês. (por José Eduardo Martins)

O meia Zé Rafael, do Bahia - Marcelo Malaquias/Framephoto/Estadão Conteúdo - Marcelo Malaquias/Framephoto/Estadão Conteúdo
O meia Zé Rafael, do Bahia
Imagem: Marcelo Malaquias/Framephoto/Estadão Conteúdo

3 grandes de olho em destaque do Bahia

Entre os principais jogadores do Bahia, o meia Zé Rafael tem sido alvo de assédio de outras equipes grandes do Brasil. Pelo menos três clubes pediram informações sobre o jogador após partidas da Série A: Corinthians, Santos e Cruzeiro. Nenhum, porém, abriu negociação. Aos 24 anos, ele tem contrato com o Bahia até o fim de 2019 - a direção admite a possibilidade de uma venda ao fim da temporada, mas prioriza o mercado externo. Presente em 18 rodadas do primeiro turno, Zé Rafael marcou um gol até aqui. (por Dassler Marques)

Má fase faz presidente do Atlético-MG evitar conselho

O presidente Daniel Nepomuceno se reuniria com parte do conselho do Atlético-MG nessa segunda-feira (7) a fim de apresentar o projeto do estádio que o clube pretende construir. O mau momento na temporada, porém, fez com que o mandatário adiasse o encontro para evitar críticas. A previsão é que a apresentação ocorra em setembro. O fato, entretanto, depende dos resultados obtidos na Copa Libertadores e no Campeonato Brasileiro. O dirigente quer evitar saia justa com os colegas de conselho às vésperas de uma eleição presidencial no clube. (por Thiago Fernandes)

Conselheiros tentam proibir São Paulo de usar camisas que aprovaram

Um grupo de conselheiros de oposição briga na Justiça para proibir o São Paulo de utilizar camisas comemorativas, com outras cores que fujam do branco, preto e vermelho. A ação é motivada pelo uso de uma camiseta amarela e uma camiseta vinho ao longo do último ano. O detalhe: seis dos nove autores da ação votaram a favor das camisas que agora tentam proibir. (por Pedro Lopes)

Arena protagoniza eleição do Corinthians

Pré-candidatos à presidência do Corinthians têm se reunido para conversar sobre a situação da Arena em Itaquera. A questão é o que fazer com relatório que diz que a construtora Odebrecht deixou obras por fazer. Membros da oposição apoiam uma nova auditoria, e defendem que haja cobrança sobre a construtora se comprovado problemas. Pode até ser redigido um documento entre todos os pré-candidatos da oposição que defenderiam publicamente buscar na Justiça os direitos do clube, se necessário. A situação, por enquanto, prefere cautela com relação à Odebrecht. A eleição para presidente ocorre em fevereiro de 2018. (por Marcel Rizzo)