Nem com ajuda do VAR, Cueva

Jan Kruger/Getty Images

São-paulino perde pênalti, e Peru cai diante da Dinamarca

Em um dia histórico para o futebol peruano, a bola teimou em não entrar no gol. O país sul-americano voltou a disputar uma Copa do Mundo após 36 anos (a última participação havia ocorrido no Mundial de 1982), porém parou diante da força física dos dinamarqueses.

O grande problema do Peru foram as finalizações. Até pênalti a equipe comandada pelo técnico argentino Ricardo Gareca perdeu.

A penalidade só foi assinalada graças ao árbitro de vídeo (VAR). O são-paulino Christian Cueva, que sofreu o pênalti, foi para a cobrança e chutou por cima do gol. Paolo Guerrero, que quase ficou fora do Mundial por conta de uma suspensão por doping, entrou bem no segundo tempo, porém pecou no arremate final.

O gol da Dinamarca foi marcado por Yourary Poulsen, no segundo tempo. Os escandinavos igualam a França, com 3 pontos no Grupo C, e encaram a Austrália na próxima rodada. Já o Peru terá de reagir diante de Pogba, Griezmann & Cia.

Ler mais

Tivemos oportunidades de gol e não se concretizou, mas o grupo segue forte e unido. Vamos até o final. Atacamos por todos os lados, mas por falta de sorte não saiu o gol. Mas o importante é que vamos até o final

Jefferson Farfán, meia do Peru

As pessoas cometem erros. Ele [Cueva] tem personalidade e caráter para dar a volta por cima. Depois do pênalti perdido, participou, brigou. Conhecendo-o bem, é um jogador muito bom com uma mentalidade muito forte

Ricardo Gareca, técnico do Peru

É muito bom contar com um bom goleiro. Hoje ele teve um dia fantástico, foi muito necessário para nós. Ele é acrobático, muito rápido com os pés. É fora da média. O time deles é bom, desejo sorte no resto do torneio

Age Hareide, técnico da Dinamarca

Blogueiros comentam

  • Menon

    Cueva não quer mais jogar no São Paulo. O clube não vê a hora de ele sair. Com o pênalti perdido, irritação aumentou

    Leia mais
  • Juca

    O Peru aprendeu de novo que quem não faz toma. E olhe que teve chances em cima de chances para fazer seu gol

    Leia mais
  • Mauro Beting

    Peru foi a seleção que mais criou chances até agora no Mundial. E das que menos concedeu. Mas foi castigada num contragolpe letal

    Leia mais
Adam Pretty - FIFA/FIFA via Getty Images

Cueva estraga a festa, mas é abraçado por peruanos na Rússia

Eram mais de 30 mil peruanos enlouquecidos nas arquibancadas. O gol coroaria a boa atuação de Cueva, mas o meia acabou jogando água na festa peruana com o pênalti perdido.

Ler mais
REUTERS/Max Rossi

Copa já tem mais pênaltis perdidos do que a edição de 2014

Até o momento, duas penalidades foram desperdiçadas na Rússia, contra apenas uma da Copa de quatro anos atrás. E só foram três dias de Mundial.

Ler mais
Jan Kruger/Getty Images

Suspeita é de fratura na costela de Kvist, diz técnico da Dinamarca

"Nós achamos que o Kvist tem uma fratura na costela, é o que parece ser. Se for mesmo uma fratura, ele estará fora da Copa do Mundo", disse o técnico Age Hareide, sobre seu atleta que saiu de maca.

Ler mais

Foram bem

  • Kasper Schmeichel

    Filho do maior goleiro da história da Dinamarca, o camisa 1 fez quatro defesas e contou com a sorte no chute pra fora de Cueva no pênalti

    Imagem: Marcos Brindicci/Reuters
  • Paolo Guerrero

    Entrou bem no segundo tempo e incomdou os defensores europeus. Quase marcou um belo gol de calcanhar, mas a bola foi pra fora

    Imagem: Ricardo Moraes/Reuters

Foram mal

  • Christian Cueva

    Apesar de ter chamado a responsabilidade de armar o jogo, camisa 8 do Peru perdeu um pênalti e a chance de colocar sua seleção em vantagem na etapa inicial

    Imagem: Clive Brunskill/Getty Images
  • Edison Flores

    Teve algumas das melhores chances do jogo. E perdeu. Em duas finalizações dentro da área, parou em defesas de Schmeichel. Acabou substituído por Guerrero

    Imagem: Michael Regan - FIFA/FIFA via Getty Images
REUTERS/Max Rossi

Momento chave

Pela segunda vez na história da Copa do Mundo, o juiz pediu o auxílio do árbitro de vídeo para marcar um pênalti.  Aos 45 min da etapa inicial, Yussuf Poulsen derrubou Cueva, e o apito de Bakary Gassama soou apenas depois de ele rever o lance pela TV. O camisa 8 foi para a cobrança, poderia fazer história ao marcar o primeiro gol do Peru após 36 anos longe do Mundial de seleções. Entretanto, o meia são-paulino chutou por cima do gol.

De olho na Copa

Simulador

Simule os jogos e saiba os possíveis confrontos do Brasil e de todas as seleções

Ler mais

Duelo de Cartas

Os melhores jogadiresdo mundo vão ajudar você a vencer este game

Ler mais

Tabela da Copa

Veja a classificação e os confrontos de todos os grupos da Copa

Ler mais
Topo