Outra aula de contra-ataque

Jan Kruger/Getty Images

México vence Coreia do Sul e fica perto de vaga

A seleção do México é uma das grandes surpresas neste início de Mundial na Rússia. Foi a primeira zebra da competição ao vencer a poderosa Alemanha na estreia. Na segunda rodada, comprovou que o contra-ataque é a sua arma letal.

O gol que definiu o triunfo sobre os sul-coreanos foi parecido com o que garantiu os três pontos diante dos atuais campeões do mundo. Um contragolpe rápido, tendo como protagonistas o experiente Chicharito Hernandez, de 30 anos, e o jovem Hirving Lozano, de 22.

Eles apenas inverteram os papéis. No gol contra os alemães, Chicharito fez a assistência, e Lozano driblou o marcador e bateu no canto do goleiro Neuer. Diante dos sul-coreanos, Lozano deu o passe e o camisa 14 driblou o beque e finalizou com perfeição na saída de Jo Hyeon-Woo.

Com seis pontos e precisando apenas de um empate para ir às oitavas de final, a equipe comandada pelo técnico Juan Carlos Osorio lidera o grupo, com 6 pontos, contra 3 de Alemanha e Suécia. Já a Coreia do Sul, mesmo sem nenhum ponto, ainda tem chances matemáticas.

Ler mais
Jan Kruger/Getty Images

Fico muito feliz, mas não conseguiria sem esse time gigante, esses companheiros que vêm jogando comigo há nove anos. Merecemos, assim como Juan Carlos Osorio também merece muito, a torcida mais ainda

Chicharito Hernandez, autor do segundo gol

Todos que fizeram parte do processo compartilham da vitória. Compartilhamos com nossas famílias - no meu caso, minha família colombiana - e com torcedores que acreditaram. Para quem não acreditava, esperamos convencê-los

Juan Carlos Osorio, técnico do México

Blogueiros comentam

  • PVC

    México faz sua segunda boa partida na Copa. Pode haver um cruzamento com México, Croácia, Suíça e Dinamarca, com um deles tendo certeza da semifinal

    Leia mais
  • Praetzel

    Parece que há time e futebol para o México ir além das oitavas de final. E o responsável é Juan Carlos Osório, que faz a equipe jogar e competir

    Leia mais
Xinhua/Chen Yichen

Copa do Mundo da Rússia já supera Mundial de 2014 em pênaltis marcados

O pênalti marcado a favor do México contra a Coreia do Sul foi o 14º nesta Copa do Mundo da Rússia. Em apenas 28 partidas, o número já é maior que o de todos os 64 jogos da Copa de 2014.

Ler mais
Elsa/Getty Images

Chicharito Hernandez fala em seguir com calma, mas avisa que México quer final

Até onde o México pode chegar na Copa? Um dos astros da equipe sabe que o sentimento é confuso. Ao mesmo tempo em que os mexicanos precisam ter os pés no chão, a vontade de voar é grande.

Ler mais
Martin Meissner/AP

Osorio supera desconfianças por rodízio e 7 a 0 e agora faz México sonhar

Havia um ceticismo sobre o trabalho de dois anos e meio do técnico Juan Carlos Osorio, devido a um polêmico rodízio de jogadores e a uma goleada de 7 a 0 sofrida contra o Chile em 2016.

Ler mais

Foram bem

  • Hirving Lozano

    Tem sido o destaque do México. Puxou o contra-ataque e deu a assistência para o segundo gol

    Imagem: Clive Brunskill/Getty Images
  • Chicharito Hernandez

    Tentou três arremates a gol - em um deles, acertou o alvo. Foi eleito o melhor em campo pela Fifa

    Imagem: Reprodução/Fifa

Foram mal

  • Jang Hyun-Soo

    Cometeu o pênalti, ao levantar o braço e tocar a mão na bola, e levou um drible desconcertante no lance do segundo gol

    Imagem: Jamie Squire - FIFA/FIFA via Getty Images
  • Lee Young

    Mostrou bastante limitação técnica. Além de sofrer com os dribles de Lozano, abusou da violência em algumas entradas nos mexicanos

    Imagem: Hector Vivas/Getty Images
Jan Kruger/Getty Images

Momento chave

A Coreia do Sul voltou para o segundo tempo com uma postura mais ofensiva. Aos 18 minutos, o técnico Shin Tae-Yong foi para o tudo ou nada, ao sacar um volante e escalar mais um atacante. A resposta mexicana veio com aquela que tem sido a sua arma letal. Ki foi desarmado no campo de defesa dos latino-americanos, Lozano recebeu a bola e puxou o contragolpe com muita rapidez. Em uma situação de três contra dois, o camisa 22 rolou para Chicharito Hernandez, que deixou o zagueiro Jang Hyun-Soo no chão e bateu com precisão na saída do goleiro Jo Hyeon-Woo.

De olho na Copa

Simulador

Simule os jogos e saiba os possíveis confrontos do Brasil e de todas as seleções

Ler mais

Duelo de Cartas

Os melhores jogadores do mundo vão ajudar você a vencer este game

Ler mais

Tabela da Copa

Veja a classificação e os confrontos de todos os grupos da Copa

Ler mais
Topo