Topo

México

  • Athletico CAP
  • Atlético-MG AMG
  • Avaí AVA
  • Bahia BAH
  • Botafogo BOT
  • Ceará CEA
  • Corinthians COR
  • Coritiba CBA
  • Chapecoense CHA
  • Cruzeiro CRU
  • CSA CSA
  • Flamengo FLA
  • Fluminense FLU
  • Fortaleza FOR
  • Goiás GOI
  • Grêmio GRE
  • Internacional INT
  • Palmeiras PAL
  • Santos SAN
  • São Paulo SAO
  • Sport SPO
  • Vasco VAS

Carrasco do Brasil em Londres, Peralta anuncia saída da seleção mexicana

 Laurence Griffiths - FIFA/FIFA via Getty Images
Imagem: Laurence Griffiths - FIFA/FIFA via Getty Images

03/07/2018 07h54

Herói do inédito ouro olímpico conquistado pelo México nos Jogos de Londres, em 2012, por ter marcado os dois gols da vitória sobre o Brasil por 2 a 1 na final, o atacante Oribe Peralta anunciou a aposentadoria da seleção.

- Brasil disputa vaga nas semifinais às 15h de 6ª; veja tabela das quartas
- Neymar faz o que CR7 e Messi não fizeram e passa Garrincha
- Osorio dá 1º golpe, mas Tite vence duelo no banco de reservas

Oribe, de 34 anos, defendeu a seleção principal 67 vezes e marcou 26 gols. Ele divulgou o fim da trajetória através de um comunicado nas redes sociais após a eliminação nas oitavas de final da Copa do Mundo com uma derrota justamente para os brasileiros por 2 a 0, nesta segunda-feira, em Samara.

"Quero agradecer à seleção mexicana ter permitido que eu fizesse parte dela durante estes anos. Vou sempre lembrar com enorme carinho cada uma das partidas disputadas. Tivemos tristezas, mas principalmente as alegrias que tivemos ficarão para sempre em meu coração", escreveu Peralta no Twitter.

O jogador do América do México estreou na seleção em 2005, convocado pelo técnico Ricardo La Volpe. Disputou também os Jogos do Rio, em 2016, e a Copa do Mundo de 2014, além de ter conquistado o título da Copa Ouro de 2015.

"Hoje me cabe dizer adeus à seleção, o maior orgulho da minha carreira. Agradeço a toda a torcida, que sempre me apoiou, jogadores, treinadores, médicos e dirigentes que sempre me deram a sua confiança para defender nossos cores, mas sobretudo à minha família, que são o mais importante na minha vida e sem eles nada disso teria sido possível", destacou.

No Mundial deste ano, Peralta entrou em campo apenas uma vez, nos instantes finais da derrota para a Suécia por 3 a 0, na terceira rodada da fase de grupos.

Mais México