Topo

Seleção Brasileira


CBF se manifesta contra os ataques racistas sofridos por Fernandinho

Gol contra de Fernandinho abriu vitória da Bélgica sobre o Brasil - AFP PHOTO / SAEED KHAN
Gol contra de Fernandinho abriu vitória da Bélgica sobre o Brasil Imagem: AFP PHOTO / SAEED KHAN

Do UOL, São Paulo

08/07/2018 10h52

Autor do gol contra na derrota da seleção brasileira por 2 a 1 para a Bélgica, Fernandinho sofreu com ataques racistas em suas redes sociais. A Confederação Brasileira de Futebol se manifestou neste domingo (8) contra as ofensas direcionadas ao jogador.

- Por que perdemos? Os fatores que contribuíram para a queda da seleção
- Perrengues na Rússia: de motorista dorminhoco a hotel de filme de terror
Copa mostra que árbitro de vídeo pode minar agressões e "malandragens"

“A CBF repudia os ataques racistas sofridos pelo jogador Fernandinho e seus familiares. O futebol representa a união das cores, gêneros, culturas e povos. Estamos com vocês. Racistas não passarão”, escreveu a entidade em sua conta oficial no Instagram.

No Twitter, Fernandinho foi chamado pejorativamente de macaco ao ser apontado como o maior culpado pela eliminação do Brasil da Copa do Mundo. Além disso, o jogador precisou fechar seu Instagram para comentários, por causa do alto número de fortes xingamentos.

A seleção brasileira já foi embora da Rússia e os jogadores já estão voltando para as respectivas rotinas.

Mais Seleção Brasileira