PUBLICIDADE
Topo

Rússia

Provável ida às oitavas encanta jornais russos: "Você acredita nisso?"

Dylan Martinez/Reuters
Imagem: Dylan Martinez/Reuters

Do UOL, em São Paulo

19/06/2018 17h51

Classificação e Jogos

A vitória por 3 a 1 sobre o Egito praticamente garante a Rússia nas oitavas de final da Copa do Mundo. Um desempenho que tem surpreendido muita gente, incluindo alguns jornais russos. Pelo menos, esse é o tom adotado por eles: "um feito extraordinário". Era assim que eles retratavam o jogo nesta terça-feira (19).]

Assista aos gols de Rússia 3 x 1 Egito

Não é só Sampaoli: nenhum técnico argentino venceu na 1ª rodada da Copa
Sul-americanos têm pior início de Copa desde 1982; só Uruguai salva
Simule os classificados e o mata-mata do Mundial

“Rússia derrota o Egito. Estamos quase nos playoffs da Copa do Mundo! Você acredita nisso?”, questiona o jornal esportivo Sovetsky, dizendo que a seleção anfitriã “surpreendeu muitos” pelas condições que alcançou: liderança do grupo A com dois triunfos sólidos.

A classificação ainda não está matematicamente concretizada, mas por pouco. São seis pontos e sete gols de saldo. A ida ao mata-mata só não acontecerá no caso de uma combinação improvável de resultados, que inclui duas goleadas da frágil Arábia Saudita.

Por isso o jornal Izvestia já dá a presença nas oitavas como certa. “Pela primeira vez na história, Rússia vai aos playoffs da Copa do Mundo”, escreve. O texto lembra que o país não alcançava a segunda fase desde 1986, ainda como parte da União Soviética.

O esportivo Express cutuca Mohamed Salah, egípcio que estreou no Mundial após recuperar-se de lesão. “Salah? Cheryshev! Dziuba! Cherchesov!”, diz o jornal na manchete. A notícia avalia que o nome do camisa 10 egípcio foi mais discutido na Rússia do que jogadores da própria seleção anfitriã, mas publica que “está claro que a estratégia [russa] está funcionando”.

A seleção da casa agora encara o Uruguai, às 11 horas (de Brasília) de segunda-feira (25), pela última rodada da fase de grupos. Os classificados cruzam nas oitavas de final com os vencedores do grupo B, que tem Portugal, Espanha, Marrocos e Irã.

Rússia