PUBLICIDADE
Topo

Argentina

Messi revive "trauma" na seleção e perde pênalti em estreia na Copa

Goleiro da seleção da Islândia, Hannes Halldorsson defende pênalti cobrado por Lionel Messi - Matthias Hangst/Getty Images
Goleiro da seleção da Islândia, Hannes Halldorsson defende pênalti cobrado por Lionel Messi Imagem: Matthias Hangst/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

16/06/2018 11h27

Classificação e Jogos

O meia-atacante Lionel Messi teve em seus pés a chance da vitória, mas teve um pênalti defendido pelo goleiro Halldórsson aos 18 minutos do segundo tempo e viu a Argentina apenas empatar com a Islândia por 1 a 1, neste sábado (16), em sua estreia pela Copa do Mundo da Rússia.

Brasil estreia às 15h deste domingo; veja a tabela
Simule os classificados e o mata-mata do Mundial
Super-heróis: Marcelo sofreu com 7 a 1 e ganhou peso

O lance faz Messi reviver o trauma da final da Copa América de 2016, quando perdeu uma cobrança na decisão de pênaltis contra o Chile. Após aquela partida, o jogador ficou desolado e chegou a dizer que não defenderia mais a seleção, posição que reviu na sequência.

O vice-campeonato daquele torneio, o terceiro seguido depois das derrotas nas finais da Copa do Mundo de 2014 e Copa América de 2015, até hoje é assunto de entrevistas com Messi. Em coluna publicada pelo jornal "La Nacion", na última sexta-feira, o jogador contou como se sentiu durante os dias posteriores à final e o que fez repensar a decisão de deixar a seleção. 

"Quando eu saí da equipe depois da Copa América nos Estados Unidos, não queria causar mal a ninguém. Eu só queria ajudar, como eu sempre tentei fazer. Depois de perder essa final com o Chile, passou muito sobre minha cabeça. Foram tempos muito difíceis, mas então eu percebi que eu amo muito o meu país, meu povo e esta camisa", disse.

Neste sábado, porém, pelo menos durante o jogo Lionel Messi não se abateu. Após desperdiçar o pênalti, o jogador continuou centralizando as ações ofensivas argentinas e ainda arriscou dois chutes perigosos de fora da área.

Capitão da seleção argentina nesta Copa, Messi também desperdiçou pênaltis pela equipe nacional em amistosos contra o Brasil, em 2014, e diante da Alemanha, em 2012.

O Botafogo relembrou em seu Twitter o pênalti desperdiçado por Messi contra o Brasil, já que seu goleiro Jefferson foi o autor daquela defesa em 2014. 

No jogo deste sábado, a Argentina saiu na frente com um gol de Aguero, aos 19 minutos do primeiro tempo. A Islândia empatou quatro minutos depois com Finnbogason.

Com o resultado, a Argentina enfrentará a Croácia, no dia 21 de junho, pressionada. Os croatas estreiam neste sábado contra a Nigéria, às 16h (de Brasília). Um novo tropeço pode deixar os argentinos em situação delicada para a partida final do Grupo D, contra a Nigéria, no dia 26 de junho.    

Argentina