PUBLICIDADE
Topo

Copa 2018

Lewandowski alerta para estreia complicada da Polônia: "Senegal é perigoso"

Do UOL, em São Paulo

16/06/2018 15h41

Classificação e Jogos

Robert Lewandowski adotou cautela ao falar sobre Senegal, adversário da Polônia na estreia da Copa do Mundo. O atacante destacou a velocidade da equipe africana no ataque e alertou para possíveis dificuldades para a seleção polonesa na partida da próxima terça-feira (19).

Brasil estreia às 15h deste domingo; veja a tabela
Simule os classificados e o mata-mata do Mundial
Super-heróis: Marcelo sofreu com 7 a 1 e ganhou peso

"Os senegaleses são bons no contra-ataque. Quando eles atacam, eles jogam muito rápido. Eles não perdem tempo quando têm a a bola. Correm em direção ao gol adversário e chutam o mais rápido possível. Eles são realmente muito perigosos", disse o jogador ao site da Fifa.

Além da dificuldade na partida de estreia, Lewandowski comentou sobre a pressão na volta da Polônia ao Mundial. A última participação havia sido em 2006, na Alemanha.

"Sabemos que a Polônia é uma nação que sempre acredita, sempre torce pelos jogadores, mas ao mesmo tempo espera muito. Estamos preparados para isso. Pressão? Sempre houve e sempre haverá pressão. Sabemos como lidar com isso e deixar a pressão de lado", destacou.

Aos 30 anos, Lewandowski disputará a sua primeira Copa. Ele é a principal esperança de gols da seleção polonesa ao longo da disputa. Apesar da responsabilidade, o atacante sabe que não terá vida fácil diante dos adversários e acredita que a equipe está preparada para lidar com a situação.

"Tento ser realista. Sabemos, como time, que eu serei muito marcado pelos zagueiros, assim como na Euro 2016. Então, não tenho certeza de quantas boas oportunidades eu terei para marcar. Mas enquanto eu estiver com marcação dupla ou sofrer falta, isso abrirá espaço para os meus companheiros e gostaríamos de aproveitar isso. Se outro companheiro fizer gols para nós, será ótimo. Não tem que ser eu", completou.

Polônia e Senegal se enfrentam pela primeira rodada do Grupo H na terça-feira, em Moscou, às 12h (horário de Brasília). A chave ainda conta com Japão e Colômbia. 

Copa 2018