PUBLICIDADE
Topo

Copa 2018

Governo da Austrália anuncia boicote à Copa do Mundo na Rússia

Relações com Vladimir Putin (foto) geraram novo boicote à Copa - desta vez, do governo australiano - AP Photo/Pavel Golovkin
Relações com Vladimir Putin (foto) geraram novo boicote à Copa - desta vez, do governo australiano
Imagem: AP Photo/Pavel Golovkin

Do UOL, em São Paulo (SP)

07/06/2018 13h11

Classificação e Jogos

A Austrália seguiu a Inglaterra e também vai boicotar diplomaticamente a Copa do Mundo da Rússia. O governo do país oceânico, que representa a Ásia no futebol, anunciou nesta quinta-feira que não enviará representantes ao Mundial de futebol em virtude das divergências com o presidente Vladimir Putin.

Confira a tabela completa e o calendário de jogos
Simule os classificados e o mata-mata do Mundial
DOC: a Rússia Gay que não pode sair do armário

A relação geopolítica dos australianos com os russos se tornou difícil desde 2014. O país da Oceania acusou a Rússia de violar os direitos humanos e as leis internacionais durante a guerra de Criméia.

O governo australiano, por intermédio da ministra de relações anteriores, Julie Bishop, ainda acusou publicamente o governo de Vladimir Putin de participar diretamente do acidente do voo 370 da Malaysian Airlines, também em 2014. Na queda do avião da companhia malaia, 38 australianos morreram – 239 pessoas foram vítimas da tragédia.

Julie Bishop, aliás, colocou o embaixador australiano em Moscou à disposição da Federação Australiana. “O Governo Australiano não vai interferir nas decisões da Federação de Futebol da Austrália em relação à Copa do Mundo. O nosso embaixador em Moscou vai estar nos jogos dos ‘Socceroos’”.

Sem qualquer representante do governo, a Austrália estreia dia 16 de junho contra a França. A equipe asiática, sorteada para o grupo C, ainda enfrenta Peru e Dinamarca na briga por uma vaga nas oitavas de final.

Copa 2018