PUBLICIDADE
Topo

Copa 2018

Rival do Peru na Copa, técnico da Dinamarca diz que Guerrero "é inocente"

Age Hareide, técnico da Dinamarca - Jean Catuffe/Getty Images
Age Hareide, técnico da Dinamarca Imagem: Jean Catuffe/Getty Images

Da EFE, em Lima (Peru)

30/05/2018 18h44

Classificação e Jogos

Lima, 30 mai (EFE).- O técnico da seleção da Dinamarca, Age Hareide, expressou hoje o seu respeito pela seleção do Peru, adversária de estreia na Copa do Mundo, e manifestou apoio ao atacante Paolo Guerrero, que foi suspenso por 14 meses por doping pela Corte Arbitral do Esporte (CAS).

Confira a tabela completa e o calendário de jogos
Simule os classificados e o mata-mata do Mundial
DOC: a Rússia Gay que não pode sair do armário

"Não subestimo a seleção do Peru, a respeito muito. Inclusive está à frente da Dinamarca no ranking da Fifa", declarou Hareide à emissora de televisão peruana "RPP Notícias" ao lembrar que a 'Blanquirroja' ocupa a 11ª posição da lista da Fifa, enquanto a equipe europeia em vem 12º lugar.

O treinador lembrou que para que o Peru voltasse à Copa após 36 anos o Chile, atual bicampeão da Copa América, ficou fora, e disse ter assistido à vitória da equipe dirigida por Ricardo Gareca na vitória sobre a Escócia por 2 a 0 nesta terça, em Lima.

"Se o Chile ficou fora da Rússia, isso fala muito sobre o Peru. O resultado de ontem não me surpreendeu, eles têm uma equipe melhor que a da Escócia", elogiou.

Sobre a situação de Guerrero, cuja punição por doping foi aumentada pela CAS, o que o deixou fora da Copa, Hareide disse acreditar que o jogador do Flamengo deveria ter sido absolvido.

"É uma situação muito infeliz. Acredito que o jogador é inocente e por isso outros capitães também o apoiaram. Mas defendo também que o doping seja um tema muito estrito", ressaltou.

Copa 2018