UOL esporte

  • http://esporte.uol.com.br/futebol/copa-2014/ultimas-noticias/2011/09/09/bndes-aprova-r-3965-milhoes-para-construcao-de-estadio-em-natal.htm
  • BNDES aprova R$ 396,5 milhões para construção de estádio em Natal
  • 25/10/2020
  • UOL Esporte - Futebol
  • UOL Esporte
  • @UOLEsporte #UOL
  • 2
Tamanho da letra
Projeto da Arena das Dunas, que tem previsão de entrega para dezembro de 2013

Projeto da Arena das Dunas, que tem previsão de entrega para dezembro de 2013

09/09/2011 - 17h09

BNDES aprova R$ 396,5 milhões para construção de estádio em Natal

Do UOL Esporte
Em São Paulo

O BNDES aprovou financiamento no valor de R$ 396,5 milhões para construção da Arena das Dunas, em Natal (RN), que será uma das sedes da Copa do Mundo de 2014, no Brasil.

Os recursos equivalem a 75% do valor total do projeto, de acordo com teto estabelecido pelo programa BNDES ProCopa Arenas. O empréstimo foi tomado pela Sociedade de Propósito Específico (SPE) Arena das Dunas Concessão e Eventos S/A (ADCE), controlada pelo grupo OAS. A SPE será responsável por construir e operar o equipamento por um prazo de 20 anos, de acordo com o modelo de concessão administrativa definido pelo governo do Estado.

A Arena das Dunas será erguida no lugar dos atuais Estádio João Cláudio de Vasconcelos Machado (Machadão) e Ginásio Humberto Nesi (Machadinho), que serão demolidos. Prevista para estar concluída em dezembro de 2013, a nova Arena terá 32 mil assentos permanentes. A eles serão acrescidos, durante a Copa do Mundo, 10.000 assentos temporários, para que seja atendida a exigência mínima da Fifa, de 40 mil lugares.

Da mesma maneira que ocorre com o Itaquerão, estádio do Corinthians que terá 20 mil lugares em arquibancadas móveis, a estrutura temporária será de responsabilidade do governo estadual.

De acordo com o consórcio construtor, o projeto seguirá o padrão internacional das arenas multiuso, de modo que o espaço possa funcionar também como centro de negócios, lazer e cultura, recebendo desde feiras de negócios até eventos como festivais de músicas. Estima-se que, até sua conclusão, o empreendimento gere cerca de mil empregos diretos e outros 1.350 indiretos.

Obras para a Copa de 2014
Obras para a Copa de 2014

Placar UOL no iPhone