Rodrigo Mattos

Rodrigo Mattos

Siga nas redes
Só para assinantesAssine UOL
ReportagemEsporte

Bastidores da Libra: Leila é decisiva pró-Globo, e Corinthians cauteloso

A reunião de clubes da Libra teve uma participação decisiva da presidente do Palmeiras, Leila Pereira, em seguir a proposta a favor da Globo. Já o Corinthians adotou uma postura mais cautelosa em relação à negociação e até ensaiou negociar sozinho. Depois, decidiu continuar a conversa dentro da Libra.

A Libra é composta por nove times da Série A: Corinthians, São Paulo, Palmeiras, Red Bull Bragantino, Flamengo, Atlético-MG, Grêmio, Bahia e Vitória, além do Santos.

Havia uma proposta da Liga Forte Futebol e seus investidores de união dos clubes. Mas, na quarta-feira, a Libra decidiu por continuar a negociação de venda de direitos do Brasileiro, de 2025 a 2029, com a Globo. Já existe uma proposta formalizada de R$ 1,3 bilhão.

Durante a reunião, foram apresentadas propostas do investidor da LFF, do Mubadala e da Globo.

Assim que os números foram mostrados, Leila Pereira tomou a palavra e falou sobre a credibilidade e experiência da Globo no futebol. Deixou claro que a via como a opção mais segura.

Ainda ressaltou que, embora o Paulista pague boas cotas sem e Globo, há prejuízo para os patrocinadores dos clubes pela falta de exposição. Disse temer o mesmo no Brasileiro, e ressaltou a importância das receitas comerciais. A dirigente, além disso, vinha manifestando certa impaciência porque as negociações se prolongavam por longos meses.

A posição de Leila foi justamente da dirigente que, em entrevista a Casagrande, colunista do UOL, viu a união de clubes mais próxima. Sua fala teve peso na sequência quando ele manifestou voto a favor da Globo.

Dirigentes do Flamengo disseram acompanhar o voto, São Paulo. Grêmio foram na mesma direção. E foram seguidos pelos outros.

O Corinthians, no entanto, demonstrou certa hesitação. Houve até uma manifestação de que o clube poderia negociar sozinho seus direitos. Mas os dirigentes de outros times entenderam que a gestão de Augusto Mello é nova e, portanto, tinha menos informações sobre a proposta da Globo e o contexto geral. Mesmo caso do Santos.

Continua após a publicidade

Assim, houve um convencimento e o clube topou assinar a ata em favor de seguir negociações. Mas houve o compromisso da Libra de passar o próximo mês detalhando para Corinthians e Santos a proposta da Globo para que tenham acesso a todas as informações.

Oficialmente, a posição do Corinthians é de segue negociações com a Libra.

Reportagem

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Veja também

Deixe seu comentário

Só para assinantes