PUBLICIDADE
Topo

Rodrigo Mattos

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Como Vinicius Jr ascendeu de maior venda do Flamengo a 'mais caro' do mundo

Vinicius Jr. - Reprodução/Instagram @vinijr
Vinicius Jr. Imagem: Reprodução/Instagram @vinijr
Rodrigo Mattos

Nascido no Rio de Janeiro, em 1977, Rodrigo Mattos estudou jornalismo na UFRJ e Iniciou a carreira na sucursal carioca de ?O Estado de S. Paulo? em 1999, já como repórter de Esporte. De lá, foi em 2001 para o diário Lance!, onde atuou como repórter e editor da coluna De Prima. Mudou-se para São Paulo para trabalhar na Folha de S. Paulo, de 2005 a 2012, ano em que se transferiu para o UOL. Juntamente com equipe da Folha, ganhou o Grande Prêmio Esso de Jornalismo 2012 e o Prêmio Embratel de Reportagem Esportiva 2012. Cobriu quatro Copas do Mundo e duas Olimpíadas.

06/01/2022 04h00

O atacante Vinicius Jr, do Real Madrid, foi avaliado como jogador mais caro do mundo com o valor estimado de 166 milhões de euros (R$ 1,072 bilhão). Essa análise foi feita pelo CIES (Centro Internacional de Estudo do Esporte) em cálculo que levou em conta variáveis de mercado. É mais um passo do jogador que, aos 17 anos, saiu do Brasil como a maior transação da história do Flamengo.

Para explicar essa situação, vamos contar a história de Vinicius Jr. desde sua primeira transferência. Até porque essa operação explica o desenrolar de como o CIES estima o valor do jogador brasileiro.

A negociação de Vinicius Jr foi fechada entre Flamengo e Real Madrid, em maio de 2017, pelo montante de 45 milhões de euros (R$ 164 milhões, na época). Considerada exagerado por parte da mídia brasileira, a operação ocorreu em uma negociação que envolveu interesse de outro gigante espanhol, Barcelona, uma concessão feita pelo jogador e uma venda acima da cláusula de rescisão inicial.

Destaque da seleção de base, Vinicius Jr tinha um contrato com 30 milhões de rescisão que seria finalizado em 2019. No Brasil, só são permitidos três anos de acordo para menores de 18 anos. Isso deixava o Flamengo em uma posição de fragilidade na negociação, como ocorre com todos os clubes brasileiros.

Vinicius Jr, no entanto, era monitorado pelos grandes europeus desde os 12 anos, embora a venda ao exterior só pudesse ocorrer para ocorrer quando ele fosse maior. Houve a concorrência do Barcelona que remetia à novela anterior de Neymar, que quase fechou com o Real Madrid.

Assim, com a ajuda de Vinicius Jr e de seu empresário, a diretoria do Flamengo acordou que renovaria seu contrato antes da ida para o time espanhol, aumentando a multa para 45 milhões de euros. Com isso, o Real Madrid aceitou pagar o valor mais alto para garantir que não seria posto para trás pelo Barcelona. Ou seja, apesar de ter sido paga a cláusula de rescisão, a saída do jogador foi por meio de negociação.

Contratado, Vinicius Jr foi para o time espanhol em 2018. Chegou para jogar no Real de Castilla, sucursal do Real Madrid. Foi cercado de desconfianças e críticas até emplacar como um dos principais jogadores do clube a partir da última temporada.

E como o CIES calcula o valor dos jogadores? O cálculo é feito por um método de Regressão Linear Múltipla que é usado para identificar tendências. Para isso, inclui-se um determinado número de variáveis em uma equação. Quais são as variáveis? Dados reais sobre o mercado de futebol e desempenho do jogador.

Para chegar a valores médios dos atletas, o CIES levantou os valores pagos por cerca de 2000 transações de jogadores nas cinco principais ligas (Inglaterra, França, Espanha, Alemanha e Itália) nos últimos dez anos. Foram desconsideradas operações como Neymar em que se pagou o valor da multa sem negociação —assim, a transação mais cara foi de Mbappé. Os valores das transações foram tirados de comunicados oficiais ou veículos de imprensa —cruzados entre plataformas diferentes.

A partir daí, o estudo levou em conta três tipos de variáveis: realidade do clube, realidade do jogador, contexto do mercado. No caso dos clubes, leva-se em conta qual a liga em que joga, qual o desempenho deste campeonato no nível continental e qual o seu poder aquisitivo no mercado. Explica-se: um clube rico e estável, obviamente, vai cobrar mais por um atleta, rechaçando ofertas ruins.

Mais importante são as variáveis relacionadas ao jogador. Os itens mais relevantes são tempo de contrato e idade do atleta. Vinicius tem 21 anos e meio e seu contrato se estende até o meio de 2024. Por isso, ele vale bem mais do que Mbappé, cujo acordo com o PSG acaba no meio do ano.

Pelo critério adotado, cada ano de contrato adicional gera um impacto de 22% a mais na avaliação do jogador. Cada ano a menos de idade rende um efeito de 12% a mais no seu preço. Assim, só há dois jogadores acima de 25 anos na lista dos 20 maiores valiosos: o meia Bruno Fernandes, do Manchester United, e o atacante Sané, do Bayern.

Além disso, são levados em conta dados técnicos do jogador: número de jogos, de gols, de assistência. E, bastante relevante, é considerado quanto o jogador cresceu na última temporada em relação à anterior, o que explica como Vinicius Jr superou Folden e Haaland —ambos têm idades e contratos similares aos do brasileiro. Como o cálculo mostra uma tendência, tem que levar em conta a curva de crescimento dos atletas.

Com os cálculos, Vinicius Jr teve um salto de 270% no seu valor, ou 121 milhões de euros, em quatro anos. Esse aumento pode ser obtido com a comparação entre o valor pago pelo Real e a estimativa de quanto o jogador vale atualmente. A sua multa rescisória é bem maior —na casa de 1 bilhão de euros, segundo a imprensa espanhola.

Isso, obviamente, não significa que Vinicius Jr será vendido por esse valor. Como o próprio estudo explica, Salah, por exemplo, foi vendido pela Roma ao Liverpool por um valor abaixo do que seria sua avaliação pelo critério do ranking. Isso se explica pela crise que vivia o time italiano naquela época. Mas alguém tem dúvida de que, de fato, o egípcio foi negociado barato pelos seus indicativos de mercado?

Fato é que o Real Madrid não deve estar nem um pouco arrependido de ter pago os 45 milhões de euros ao Flamengo.