PUBLICIDADE
Topo

Rodrigo Mattos

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Por que a grama do Maracanã vai mudar de cor temporariamente

Gramado do Maracanã sendo molhado - Divulgação
Gramado do Maracanã sendo molhado Imagem: Divulgação
Rodrigo Mattos

Nascido no Rio de Janeiro, em 1977, Rodrigo Mattos estudou jornalismo na UFRJ e Iniciou a carreira na sucursal carioca de ?O Estado de S. Paulo? em 1999, já como repórter de Esporte. De lá, foi em 2001 para o diário Lance!, onde atuou como repórter e editor da coluna De Prima. Mudou-se para São Paulo para trabalhar na Folha de S. Paulo, de 2005 a 2012, ano em que se transferiu para o UOL. Juntamente com equipe da Folha, ganhou o Grande Prêmio Esso de Jornalismo 2012 e o Prêmio Embratel de Reportagem Esportiva 2012. Cobriu quatro Copas do Mundo e duas Olimpíadas.

26/04/2021 08h55

O gramado do Maracanã vai passar por renovação e replantio para a temporada de inverno. O processo, que se inicia após o jogo do Flamengo contra o Unión La Calera, vai deixar o campo do estádio com uma coloração amarelada por um período aproximado de duas semanas. Depois disso, a grama volta ao aspecto natural anterior.

Todo ano é necessário trocar parte do gramado do estádio para adapta-lo a temperaturas mais baixas. Contratada pelo Consórcio Flamengo e Fluminense, a empresa Greenleaf joga sementes de Reygrass ao mesmo tempo em que reduz a quantidade de grama bermuda, que é usada para climas mais quentes.

A operação começa com cortes do gramado e, em seguida, são jogadas 500 kg de sementes, areia e adubo. Depois de seis dias, as sementes germinam e inicia-se um período de 14 dias em que a grama fica com o aspecto amarelado enquanto cresce.

Não há impedimento de realização de jogos. A mudança de cor temporária costuma gerar críticas de torcedores, mas é necessária para preparar a grama para o restante do ano. A expectativa dos administradores do estádio é que, em 20 dias, o campo já volte a ter a sua coloração natural.

O campo do Maracanã melhorou no início do ano após um período de pausa para a final da Libertadores. Na época, foi a empresa do próprio estádio que fez um processo de renovação da grama, a Conmebol acompanhou o processo.

Para manter o campo, é necessário não desgasta-lo demais com excesso de jogos. O ideal é que a realização de, no máximo, duas partidas por semana. Neste final de semana, Flamengo e Fluminense jogaram em dois dias seguidos pelo Carioca no estádio.

Rodrigo Mattos