PUBLICIDADE
Topo

Cartola do Fla tem coronavírus e teve contato com atletas que jogam Carioca

Rodrigo Mattos

Nascido no Rio de Janeiro, em 1977, Rodrigo Mattos estudou jornalismo na UFRJ e Iniciou a carreira na sucursal carioca de ?O Estado de S. Paulo? em 1999, já como repórter de Esporte. De lá, foi em 2001 para o diário Lance!, onde atuou como repórter e editor da coluna De Prima. Mudou-se para São Paulo para trabalhar na Folha de S. Paulo, de 2005 a 2012, ano em que se transferiu para o UOL. Juntamente com equipe da Folha, ganhou o Grande Prêmio Esso de Jornalismo 2012 e o Prêmio Embratel de Reportagem Esportiva 2012. Cobriu quatro Copas do Mundo e duas Olimpíadas.

14/03/2020 00h31

Um teste confirmou que o vice-presidente do Flamengo, Maurício Gomes de Mattos, tem coronavírus e ele teve contato com toda a delegação do time durante viagem à Colômbia. Os jogadores e delegação rubro-negros passaram por exames para o vírus na sexta-feira, mas os resultados só têm previsão sair em 48 horas. Ou seja, esses testes só teriam resultado após a partida contra a Portuguesa, marcada para esta tarde de sábado, no Maracanã, com portões fechados.

A notícia da confirmação do teste positivo de Gomes de Mattos foi dada pelo "Correio Brasiliense" e confirmada pelo UOL. Já é o segundo exame que confirma a contaminação do dirigente.

A diretoria do Flamengo tinha mandado uma delegação para a Europa para intercâmbio de know-how. Posteriormente, dirigentes viajaram da Espanha para Barranquilla onde o Flamengo enfrentou o Junior na estreia da Libertadores. Maurício Gomes de Mattos estava neste grupo.

Após a partida, o dirigente voltou junto com os jogadores no mesmo avião fretado em voo da Colômbia para o Brasil. Posteriormente, ele testou positivo para o coronavírus. embora ainda faltasse uma contraprova. Então, o Flamengo decidiu fazer um teste com todos os membros da sua delegação.

Os jogadores e membros da delegação foram testados para o coronavírus na sexta-feira. A informação do clube é de que o resultado do teste sairia em 48 horas. Portanto, só serão sabidos os resultados dos testes depois do jogo entre o time rubro-negro e a Portuguesa, marcado para este sábado, pelo Campeonato Carioca. A partida já tem portões fechados por determinação do governo do Rio.

O presidente da Ferj (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro), Rubens Lopes, estava como chefe de delegação do Flamengo na Colômbia. A Ferj, até o meio da tarde de sexta-feira, mantinha a realização da rodada com portões fechados.

Blog do Rodrigo Mattos