PUBLICIDADE
Topo

Blog do Rodrigo Mattos


Clubes têm acordo por nova tabela de premiação do Brasileiro. Veja valores

Rodrigo Mattos

Nascido no Rio de Janeiro, em 1977, Rodrigo Mattos estudou jornalismo na UFRJ e Iniciou a carreira na sucursal carioca de ?O Estado de S. Paulo? em 1999, já como repórter de Esporte. De lá, foi em 2001 para o diário Lance!, onde atuou como repórter e editor da coluna De Prima. Mudou-se para São Paulo para trabalhar na Folha de S. Paulo, de 2005 a 2012, ano em que se transferiu para o UOL. Juntamente com equipe da Folha, ganhou o Grande Prêmio Esso de Jornalismo 2012 e o Prêmio Embratel de Reportagem Esportiva 2012. Cobriu quatro Copas do Mundo e duas Olimpíadas.

17/02/2020 19h46

Em reunião na CBF, os clubes praticamente encaminharam uma nova tabela de premiação com dinheiro de televisão do Campeonato Brasileiro que incluirá os quatro rebaixados. Com a nova tabela, haveria uma queda de arrecadação dos outros 16 clubes: o campeão passaria a R$ 31,7 milhões (antes era R$ 33 milhões) e o último ficaria com R$ 4,6 milhões. Para ser oficial, falta uma aprovação assinada de todos os clubes que deve ocorrer até o dia 27 de fevereiro.

"Foi proposta uma nova tabela com R$ 4,6 milhões e termina com R$ 31 milhões para o campeão. Houve aceitaçõa de forma unanime dos presentes. Agora é recolher as assinaturas desses clubes e ver com os cinco que não estiveram presentes. Pelo que tivemos de reuniões anteriores, não há objeção desses outros clubes", afirmou o presidente da Comissão de clubes da CBF, Alexandre Campello, presidente do Vasco. Ele disse que também encaminharia valores à Globo, mas a palavra final é dos clubes.

A Globo estabeleceu um novo contrato de televisão para os direitos do Brasileiro com a divisão de 40% igualitário, 30% por premiação por posição e 30% por exibição de jogos. No primeiro ano, a divisão por posição foi apenas do 1o ao 16o, excluídos os quatro rebaixados.

A Globo propôs incluir os quatro últimos na divisão com uma proposta com cota fixa para estes. Clubes como Vasco e Palmeiras fizeram uma contraproposta com uma nova distribuição do dinheiro por meio de uma tabela, tirando de todos os times. Outros dirigentes que saíram da reunião também mostraram concordância com a proposta. "Avançou bastante a questão da premiação", afirmou Romildo Bolzan Jr.

Para ser oficializada, a nova divisão tem que ter assinatura dos clubes ou ser aprovada em definitivo no Conselho Técnico da Série A, em 27 de fevereiro. Aqui a nova lista proposta de premiação para os times que têm acordo de TV Fechada e Aberta (Aqueles que tem acordo com a Turner recebem só uma parte):

Campeão - R$ 31,7 milhões

Vice - R$ 30,1 milhões

3o colocado - R$ 28,4 milhões

4o colocado - R$ 26,8 milhões

5o colocado - R$ 25,1 milhões

6o colocado - R$ 23,5 milhões

7o colocado - R$ 21,8 milhões

8o colocado - R$ 20,2 milhões

9o colocado - R$ 18,4 milhões

10o colocado - R$ 16,9 milhões

11o colocado - R$ 12,9 milhões

12o colocado - R$ 11,9 milhões

13o colocado - R$ 11 milhões

14o colocado -R$ 10,6 milhões

15o colocado - R$ 10,3 milhões

16o colocado - R$ 10 milhões

17o colocado - R$ 5,5 milhões

18o colocado - R$ 5,1 milhões

19o colocado - R$ 4,8 milhões

20 colocado - R$ 4,6 milhões

Blog do Rodrigo Mattos