Só para assinantesAssine UOL
OpiniãoEsporte

Contusões acertaram o Fla na primeira etapa da travessia

O Flamengo iniciou sua "travessia do deserto" (os dez jogos que será obrigado a fazer sem seus cinco jogadores que disputarão a Copa América) desfalcado de mais dois titulares, Ayrton Lucas e Allan, e perdeu, no primeiro tempo, dois outros que começaram jogando: Everton Cebolinha e Igor Jesus. Condições mais adversas impossível.

Ironia do destino, foram exatamente essas contusões que acertaram o time rubro-negro e permitiram que iniciasse seu calvário com importante vitória sobre o Grêmio, resultado que lhe possibilitou manter a liderança do Campeonato Brasileiro, com 14 pontos em 24 disputados, elogiáveis 70% de aproveitamento até agora.

Até que Igor e Éverton saíssem, o time que Tite treinou durante os últimos dias não desempenhava. Ao contrário, era superado pelo Grêmio. Bastaram as entradas de Luiz Araújo (no lugar do volante) e Bruno Henrique (no de Cebolinha) e o deslocamento de Gerson para a posição de segundo volante e, como num passe de mágica, a equipe rubro-negra se acertou.

BH nem foi bem, mas Luiz Araújo (que se tornou o melhor da partida) e Gerson (que cresceu jogando mais atrás) mudaram o panorama, tendo como coadjuvantes importantes Lorran (que baita promessa!), Pedro, David Luiz, Léo Ortiz (na segunda etapa) e Léo Pereira. Até Wesley não comprometeu!

Vencida a primeira etapa, entretanto, vem aí um dos mais difíceis trechos da "travessia", aquele no qual tempestades de areia e ataque de beduínos são comuns: enfrentar o Athletico Paranaense, na Ligga Arena, terreno onde o Flamengo já sofreu inúmeros e doídos revezes.

Após o triunfo sobre o Grêmio, é provável que o time que iniciou o segundo tempo seja mantido, com Luiz Araújo na ponta-direita (mas com a liberdade que entrou frente aos gremistas), Bruno Henrique na esquerda (é praticamente impossível a recuperação de Cebolinha até domingo) e Gérson de segundo volante (Léo Ortiz continuará como primeiro?).

A odisseia apenas começou. Mas o primeiro passo foi importante para que o segundo seja dado com o moral alto.

Opinião

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Deixe seu comentário

Só para assinantes