Rafael Reis

Rafael Reis

Siga nas redes
Só para assinantesAssine UOL
Reportagem

Bruno G., Endrick ou Rodrygo: quem será o brasileiro mais caro da janela?

Na temporada passada, a maior transferência envolvendo um jogador brasileiro foi a venda de Neymar, do Paris Saint-Germain para o Ah-Hilal, da Arábia Saudita, por 90 milhões de euros (R$ 517,5 milhões).

Desta vez, há alguns atletas convocados por Dorival Júnior para representar a seleção na disputa da Copa América que concorrem por esse posto.

O "Blog do Rafael Reis" apresenta abaixo quem são os principais candidatos a suceder Neymar e encerrar a janela de transferências de montagem de elenco para 2024/25 ostentando o nome de protagonista da transação mais cara do país pentacampeão mundial.

BRUNO GUIMARÃES

Apesar de o Newcastle ter caído de rendimento na última temporada e ter falhado na missão de ir novamente à Liga dos Campeões, Bruno Guimarães saiu em alta de 2023/24 e agora é disputado pelos dois times que brigaram pelo título mais recente da Premier League (Manchester City e Arsenal), além de ser visto como uma opção à aposentadoria no Toni Kroos no Real Madrid, atual campeão europeu. O contrato do volante com os Magpies tem uma cláusula rescisória de 100 milhões de libras (quase R$ 570 milhões) que pode ser ativada até o próximo dia 24 de junho. E os três clubes citados acima estão louquinhos para pagá-la.

ENDRICK

Único dos candidatos a brasileiro mais caro desta janela que tem certeza de qual time irá defender na próxima temporada, o camisa 9 da seleção foi negociado pelo Palmeiras com o Real Madrid ainda no fim de 2022. Mas Endrick permaneceu no seu clube formador por mais um ano e meio, tempo suficiente para deixar de ser uma promessa e começar a se transformar em realidade (foi campeão brasileiro como protagonista, por exemplo). Só agora, após completar seu 18º aniversário e chegar à maioridade, o atacante poderá completar uma transferência que, com as metas que foram atingidas, já alcançou a cifra de 47,5 milhões de euros (R$ 273,1 milhões).

RODRYGO

Peça importante no Real que acabou de vencer a Champions, viu seu futuro no clube ficar em dúvida depois do acerto merengue com Kylian Mbappé. Com a chegada do francês ao Santiago Bernabéu, o brasileiro tem tudo para perder seu lugar cativo no time titular. Mas é claro que essa situação não agrada Rodrygo. Na semana passada, o camisa 11 chamou o Manchester City de "melhor equipe do mundo" e falou que "tudo pode acontecer" quando perguntado se continuaria em Madri na próxima temporada. Depois, publicou em suas redes sociais que está "muito feliz" em seu atual clube e falou que uma mudança de endereço não está nos seus planos. Só que o estrago já estava feito. Caso Rodrygo mude de clube, sua transferência fatalmente romperá a barreira dos 100 milhões de euros (R$ 575 milhões).

Reportagem

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Deixe seu comentário

Só para assinantes