PUBLICIDADE
Topo

Rafael Reis

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Os melhores: 7 jogadores brasileiros que saem em alta desta temporada

Decisivo no Real, Vinicius Junior mudou de patamar nesta temporada - REUTERS
Decisivo no Real, Vinicius Junior mudou de patamar nesta temporada Imagem: REUTERS
Rafael Reis

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

22/05/2022 04h00

A temporada 2021/22 do futebol europeu está contando os dias para seu desfecho. Neste fim de semana, está sendo disputada a última rodada dos principais campeonatos nacionais do continente. E, no próximo, será a vez da decisão da Liga dos Campeões.

Por isso, chegou a hora de se analisar tudo que rolou de importante nos gramados mais badalados do planeta ao longo dos últimos nove meses.

O "Blog do Rafael Reis" apresenta abaixo sete jogadores brasileiros que certamente irão olhar com carinho para as competições de 2021/22. Afinal, eles jogaram demais ao longo do ano e fecham a temporada em alta no cenário internacional da bola.

VINÍCIUS JÚNIOR
Atacante
21 anos
Real Madrid (ESP)
51 jogos
21 gols
20 assistências

É difícil encontrar alguém no futebol mundial que tenha tido um ano mais feliz. A temporada que está para acabar transformou a carreira do ex-jogador do Flamengo e o colocou na prateleira de cima dos grandes astros da modalidade. Alvo de desconfiança até mesmo dos torcedores do Real Madrid até pouco tempo atrás, Vini foi um dos protagonistas do time que conquistou o título espanhol e que irá decidir a Champions no próximo sábado. Decisivo como jamais havia sido antes, o camisa 20 foi o jogador brasileiro que mais distribuiu assistências e participou ativamente de jogadas de gol em toda a Europa. Além disso, formou com Karim Benzema uma dupla de ataque que, para muita gente, já é a número um do planeta. Com tudo isso, a dúvida já não é nem mais se Vini merece um lugar entre os convocados da seleção brasileira, mas sim sobre quem precisa sair da equipe para que ele seja escalado.

BRUNO GUIMARÃES
Volante
24 anos
Newcastle (ING)
41 jogos
5 gols
7 assistências

Bruno Guimarães, meio-campista do Newcastle, comemora gol marcado contra o Leicester no Campeonato Inglês - Visionhaus/Getty Images - Visionhaus/Getty Images
Imagem: Visionhaus/Getty Images

O Newcastle terminou a primeira metade da temporada na Inglaterra seriamente ameaçado de rebaixamento. Na janela de janeiro, quando pode usufruir do poderio financeiro da família real da Arábia Saudita para mudar de patamar, gastou 42,1 milhões de euros (R$ 217 milhões) para tirar Bruno Guimarães do Lyon. E o brasileiro tratou de rapidamente justificar cada centavo desse investimento. O campeão olímpico de Tóquio-2020 virou o líder da reação dos "Magpies", que venceram mais da metade das partidas no segundo semestre e encerrarão a Premier League bem distantes da ameaça de queda para a segunda divisão. No campeonato nacional mais badalado do planeta, Bruno Guimarães acumulou grandes atuações e passou a ser monitorado por gigantes do porte do Real Madrid.

ANTONY
Atacante
22 anos
33 jogos
12 gols
10 assistências

Antony, do Ajax, comemora  conquista da liga holandesa - ANP via Getty Images - ANP via Getty Images
Imagem: ANP via Getty Images

Também integrante da última seleção olímpica do Brasil, o ex-jogador do São Paulo fez maravilhas pelo lado direito do ataque do Ajax na primeira metade da temporada e ajudou a equipe holandesa a ser a sensação da fase de grupos da Liga dos Campeões (venceu os seis jogos que disputou). Sua capacidade de abrir espaços a partir de jogadas individuais chamou a atenção de Liverpool e Bayern de Munique, que chegaram a cogitar contratá-lo em janeiro. Mas Antony ficou em Amsterdã e, no começo de abril, sofreu uma grave lesão no tornozelo que encerrou prematuramente sua temporada. Mesmo fora de ação há quase dois meses, o brasileiro ainda vive a expectativa de protagonizar uma milionária transferência na próxima janela.

RODRYGO
Atacante
21 anos
48 jogos
9 gols
10 assistências

Rodrygo resolve, e Real Madrid avança à final da Champions League - Getty Images - Getty Images
Imagem: Getty Images

Apesar de raramente utilizar Rodrygo como titular em seus compromissos mais importantes, o Real não estaria novamente na final da Champions se não fosse pela cria das categorias de base do Santos. Em sua terceira temporada na Europa, o atacante virou aquele jogador que sai do banco para mudar a história das partidas para a equipe espanhola. Foi assim nas oitavas de final do torneio continental (contra o Paris Saint-Germain) e também nas quartas (ante o Chelsea). Mas o melhor de Rodrygo estava guardado para as semifinais. Frente ao Manchester City, o brasileiro evitou a eliminação merengue ao marcar dois gols nos minutos finais do segundo tempo da partida de volta e levar o confronto para a prorrogação (aí, quem decidiu foi Benzema).

BREMER
Zagueiro
25 anos
Torino (ITA)
33 jogos
3 gols
1 assistência

Zagueiro Bremer, em atuação pelo Torino - Marco Canoniero/LightRocket via Getty Images - Marco Canoniero/LightRocket via Getty Images
Imagem: Marco Canoniero/LightRocket via Getty Images

É normal que os prêmios individuais de um campeonato sejam entregues para os jogadores que defendem os clubes mais poderosos ou os times que obtiveram os feitos mais relevantes. Mas, mesmo jogando no Torino, apenas o décimo colocado da Serie A, Bremer conseguiu ser eleito o melhor defensor do Campeonato Italiano. Formado no Atlético-MG, o zagueiro até chegou a jogar na equipe principal, mas saiu do Brasil antes de se destacar no futebol nacional. Desde 2018 no Torino, Bremer tem feito toda a sua carreira no Calcio. A partir da próxima temporada, é bem provável que vista uma outra camisa, já que praticamente todos os times grandes da Itália desejam contratá-lo.

RAPHINHA
Meia-atacante
25 anos
Leeds United (ING)
35 jogos
10 gols
3 assistências

Raphinha durante jogo do Leeds United contra o West Ham em janeiro de 2022 - Mike Egerton/PA Images via Getty Images - Mike Egerton/PA Images via Getty Images
Imagem: Mike Egerton/PA Images via Getty Images

O antigo time do técnico Marcelo Bielsa só chegou à última rodada do Inglês ainda com chances de escapar do rebaixamento para a segunda divisão por conta da qualidade do seu camisa 10. Principalmente no começo da temporada, Raphinha cansou de decidir jogos para o Leeds e lhe entregar pontos que foram essenciais para a equipe não sofrer uma queda precoce. O sucesso do meia-atacante na Premier League tem tudo para ser recompensado com uma transferência para um clube mais poderoso da Europa. Raphinha é um dos principais alvos do Barcelona para a próxima temporada e também vem sendo sondado por Arsenal e Manchester United.

JOELINTON
Meia
26 anos
36 jogos
4 gols
1 assistência

Joelinton aplaude o torcedor em jogo do Newcastle - Robbie Jay Barratt - AMA/Getty Images - Robbie Jay Barratt - AMA/Getty Images
Imagem: Robbie Jay Barratt - AMA/Getty Images

Joelinton passou dois anos e meio jogando na Inglaterra como atacante e absolutamente nada de positivo lhe aconteceu. Mas, depois da chegada do técnico Eddie Howe ao Newcastle e da decisão de começar a escalá-lo como meio-campista, tudo se transformou. Ainda que não tenha feito muitos gols e nem distribuído tantas assistências, o ex-jogador do Sport deslanchou na Premier League e, junto com Bruno Guimarães, virou referência da reação protagonizada pela equipe alvinegra. Agora, Joelinton é um meia dos mais respeitados e, mesmo que novos reforços de peso cheguem ao clube na próxima temporada, deve continuar sendo amplamente utilizado em St. James Park.