PUBLICIDADE
Topo

Rafael Reis

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Para robôs, seleção da temporada tem Jesus de 9 e ex-Palmeiras na zaga

Gabriel Jesus é o camisa 9 da seleção brasileira da temporada - Jose Breton/Pics Action/NurPhoto via Getty Images
Gabriel Jesus é o camisa 9 da seleção brasileira da temporada Imagem: Jose Breton/Pics Action/NurPhoto via Getty Images
Rafael Reis

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

20/05/2022 04h20

A seleção dos melhores jogadores brasileiros da temporada 2021/22 do futebol europeu, organizada por mecanismos de inteligência artificial do "WhoScored?", tem Gabriel Jesus como camisa 9 e três defensores que jamais foram convocados por Tite.

A plataforma transforma dados das principais competições interclubes do planeta, como número de gols, quantidade de desarmes e eficiência no passe, em notas que avaliam o desempenho de cada atleta. Tudo feito a partir de algoritmos e sem nenhuma interferência humana.

De acordo com esse sistema, nenhum jogador nascido no país pentacampeão mundial foi tão produtivo ao longo dos últimos 12 meses nos gramados do Velho Continente quanto Neymar. O camisa 10 do Paris Saint-Germain teve média 7,62.

Mas Vinícius Júnior já chegou a um patamar semelhante. Campeão espanhol e finalista da Liga dos Campeões da Europa pelo Real Madrid, o atacante formado pelo Flamengo ficou a apenas quatro centésimos do atleta de futebol mais caro de todos os tempos.

Companheiro de Vini no adversário do Liverpool na decisão do torneio interclubes mais importante do planeta, o volante Casemiro completa o pódio dos melhores brasileiros da temporada, com 7,29.

Além do trio citado acima, seleção formatada pelos algoritmos do "WhoScored?" está cheia de nomes que também costumam aparecer nas convocações da equipe canarinho, como o goleiro Alisson (Liverpool), o lateral direito Danilo (Juventus), os meias Bruno Guimarães (Newcastle) e Lucas Paquetá (Lyon), além de Gabriel Jesus (Manchester City).

Jesus, aliás, que sempre é tão contestado quando veste a camisa amarelinha, foi apontado pela plataforma como o grande centroavante do país em 2021/22, com nota 7,22.

Já o setor defensivo da equipe feita pela inteligência artificial é bem diferente daquela com que o torcedor está acostumado. Os dois melhores zagueiros do país na Europa foram Bremer, destaque do Torino no Campeonato Italiano, e Andrei Girotto, que teve uma passagem esquecível pelo Palmeiras e hoje joga no Nantes. Na lateral esquerda, quem deu as caras foi Danilo Soares, um desconhecido por aqui, que defende o modesto Bochum, da Alemanha.

Para montar a equipe ideal do Brasil na temporada, foi considerada a produção de todos os atletas que atuam nas cinco principais ligas nacionais do Velho Continente (Inglaterra, Espanha, Itália, Alemanha e França). Os outros campeonatos não participaram do estudo para evitar distorções estatísticas mais severas.

O time de Tite inicia no próximo mês a fase final da preparação para a Copa do Qatar-2022. Dois amistosos estão confirmados, contra Coreia do Sul (dia 2, em Seul) e Japão (dia 6, em Tóquio). A CBF queria um terceiro adversário, preferencialmente um africano, para completar seus compromissos da penúltima Data Fifa antes do Mundial. Mas não conseguiu fechar acordo para essa partida extra.

A seleção estreia na competição mais importante do calendário quadrienal do futebol contra a Sérvia, em Lusail, no dia 24 de novembro. Depois, ainda enfrenta Suíça e Camarões na primeira fase.

Os dois primeiros colocados da chave do Brasil irão medir forças contra times do Grupo H (Portugal, Gana, Uruguai e Coreia do Sul) nas oitavas de final.

A Copa será disputada fora do seu período habitual por causa do calor que faz no Oriente Médio no meio do ano. Por isso, começará em 21 de novembro e tem a final marcada para 18 de dezembro.

O "Blog do Rafael Reis" publica nesta semana matérias com o balanço da participação brasileira na temporada 2021/22 do futebol europeu. Pelo segundo ano consecutivo, Arthur Cabral foi o artilheiro do país. Já Vinícius Júnior ganhou o prêmio de rei das assistências e também foi o atleta tupiniquim que mais participou ativamente de jogadas de gol.

Seleção dos melhores brasileiros da temporada

G - Alisson (Liverpool-ING): 6,77
LD - Danilo (Juventus-ITA): 6,93
Z - Bremer (Torino-ITA): 7,22
Z - Andrei Girotto (Nantes-FRA): 7,14
LE - Danilo Soares (Bochum-ALE): 7,06
V - Casemiro (Real Madrid-ESP): 7,29
MC - Bruno Guimarães (Newcastle-ING): 7,21
MC - Lucas Paquetá (Lyon-FRA): 7,24
MA - Neymar (Paris Saint-Germain-FRA): 7,62
MA - Vinícius Júnior (Real Madrid-ESP): 7,58
A - Gabriel Jesus (Manchester City-ING): 7,22

Fonte: WhoScored?