PUBLICIDADE
Topo

Rafael Reis

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Em melhor ano, Vini Jr. é o maior garçom brasileiro na Europa; veja top 10

Vinicius Júnior já distribuiu 20 passes para gol nesta temporada - Juan Medina/Reuters
Vinicius Júnior já distribuiu 20 passes para gol nesta temporada Imagem: Juan Medina/Reuters
Rafael Reis

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

18/05/2022 04h20

Campeão espanhol e adversário do Liverpool na decisão da Liga dos Campeões da Europa, o Real Madrid já marcou 118 gols nesta temporada. Desses, 17% nasceram de preciosos passes dados por Vinícius Júnior.

Aos 21 anos e vivendo a melhor fase da carreira, o jovem formado nas categorias de base do Flamengo é simplesmente o maior "garçom" brasileiro no futebol europeu em 2021/22. No total, ele já distribuiu 20 assistências.

E Vini ainda tem mais dois jogos para tentar aumentar essa marca: contra o Betis, domingo, no encerramento do Campeonato Espanhol, e a decisão continental ante os "Reds", no dia 28.

Em apenas uma temporada exercendo o papel de "co-protagonista" do Real, o astro brasileiro já se aproximou do número de assistências que havia dado no restante da sua passagem pela Espanha. Na soma das três primeiras temporadas pelos merengues, o ponta esquerda deu 23 passes para gol.

A marca de Vini em 2021/22 é muito superior à alcançada pelo maior "garçom" tupiniquim no Velho Continente na temporada passada. O vencedor da edição anterior do prêmio foi Otávio, do Porto, com 12 presentes para seus companheiros balançarem as redes.

Neste ciclo, Otávio também subiu de produção e deu 13 passes para gol. No entanto, ele não aparece na nova edição do ranking, já que assumiu uma nova cidadania no mundo do futebol ao defender a seleção portuguesa.

Com isso, o lateral esquerdo Caio Henrique, do Monaco, ficou sozinho no segundo lugar dos jogadores brasileiros com mais assistências. Assim como o meio-campista do Porto, ele também presenteou os parceiros com 13 passes decisivos.

Quem completa o pódio é o atacante Gabriel Jesus, do Manchester City, com 12 assistências.

Neymar, que durante muito tempo foi o grande produtor brasileiro de gols na Europa, por pouco não conseguiu entrar no top 10. Com apenas oito assistências, ele divide a nona posição no ranking com Malcom, do Zenit São Petersburgo.

O levantamento leva em consideração os jogadores que atuam na primeira divisão das 20 principais ligas nacionais do Velho Continente de acordo com os coeficientes da Uefa: Inglaterra, Espanha, Itália, Alemanha, França, Portugal, Holanda, Áustria, Escócia, Rússia, Sérvia, Ucrânia, Bélgica, Suíça, Grécia, República Tcheca, Noruega, Dinamarca, Croácia e Turquia).

O "Blog do Rafael Reis" publica desde ontem um balanço do desempenho brasileiro na temporada 2021/22 do futebol europeu. O artilheiro do país no Velho Continente foi, pelo segundo ano consecutivo, o ex-palmeirense Arthur Cabral, atualmente na Fiorentina, da Itália, que marcou 29 vezes ao longo da temporada.

Brasileiros com mais passes para gol na temporada:

1 - Vinícius Júnior (Real Madrid-ESP): 20 assistências
2 - Caio Henrique (Monaco-FRA): 13 assistências
3 - Gabriel Jesus (Manchester City-ING): 12 assistências
4 - Antony (Ajax-HOL): 10 assistências
Arthur Cabral (Basel-SUI e Fiorentina-ITA): 10 assistências
Gerson (Olympique de Marselha-FRA): 10 assistências
Lincoln (Santa Clara-POR): 10 assistências
Rodrygo (Real Madrid-ESP): 10 assistências
9 - Malcom (Zenit São Petersburgo-RUS): 8 assistências
Neymar (Paris Saint-Germain): 8 assistências