PUBLICIDADE
Topo

Rafael Reis

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

"Neymar que deu errado", Dembélé custou R$ 39 milhões por gol ao Barcelona

Dembélé foi uma das contratações mais deficitárias da história do Barcelona - Getty Images
Dembélé foi uma das contratações mais deficitárias da história do Barcelona Imagem: Getty Images
Rafael Reis

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

22/01/2022 04h00

Contratado com a missão de não deixar o Barcelona sentir saudades de Neymar, Ousmane Dembélé não apenas falhou na tentativa de cumprir seu objetivo, como também ajudou o clube catalão a se afundar nos problemas financeiros.

O atacante francês, que foi afastado da equipe principal culé e deixará definitivamente o Camp Nou até o fim do seu contrato, em junho, custou pelo menos 200 milhões de euros (R$ 1,2 bilhão) ao longo das últimas cinco temporadas.

Esse valor representa a soma dos 140 milhões de euros (R$ 860 milhões) que o Barça investiu para tirá-lo do Borussia Dortmund, em 2017, com os 60 milhões de euros (R$ 370 milhões) gastos com o pagamento do seu salário anual de 12 milhões de euros (R$ 73,8 milhões). Outros bônus e premiações recebidos pelo jogador não entraram na conta.

E, como o segundo reforço mais caro da história do clube catalão simplesmente não correspondeu dentro de campo, todos os números da sua operação acabaram se tornando muito deficitários.

Cada um dos 32 gols marcados pelo atacante no Barcelona custou 6,4 milhões de euros (R$ 39,3 milhões). As assistências (passes para companheiros balançarem as redes) saíram ainda mais caras: 8,7 milhões de euros (R$ 53,5 milhões). Foram 23 em sua passagem pelo gigante espanhol.

Com muitos problemas físicos e normalmente relegado ao banco de reserva pelos treinadores que o dirigiu, Dembélé só disputou 129 partidas com o uniforme blaugrana (média de 26 por temporada). Consequentemente, recebeu em média 1,6 milhão de euros (R$ 9,8 milhões) por jogo e 26.700 euros (R$ 164 mil) por minuto que ficou em campo.

O francês de 24 anos foi afastado do elenco do Barcelona depois de desavenças entre a diretoria e seu empresário durante as negociações para a renovação do seu contrato.

Apesar da crise financeira enfrentada pelo clube e de nunca ter jogado o que se esperava dele, pediu um prêmio de 45 milhões de euros (R$ 277 milhões) e um salário de 30 milhões de euros (R$ 184,6 milhões) por temporada para assinar um novo vínculo.

O Barça se irritou com o pedido e decretou que Dembélé não será mais utilizado pelo técnico Xavi Hernández. Com isso, ele está disponível para ser emprestado gratuitamente ainda nesta janela de transferências. Caso não surja nenhuma proposta, a ideia é que ele seja dispensado. Apenas em último caso, o francês continuará treinando separado dos seus companheiros até que seu contrato chegue ao fim.

"Fizemos diversas ofertas, tudo que era suficiente para ele considerar o que queria para seu futuro. O jogador decidiu não continuar e nós só queremos atletas comprometidos com o Barcelona. Para o bem dele mesmo e também do clube, é preciso que ele vá embora o mais rápido possível", resumiu o diretor de futebol Mateu Alemany.

Sem vencer há três jogos, o Barcelona anda mal das pernas nesta temporada, já foi eliminado da Liga dos Campeões da Europa e está fora mesmo da zona de classificação para a próxima edição do torneio.

No Campeonato Espanhol, ocupa uma modesta sexta colocação. Em 20 partidas, somou 32 pontos. Com isso, já está 17 atrás do seu arquirrival, Real Madrid, que lidera o torneio.

Neste domingo, a equipe dos brasileiros Neto e Daniel Alves enfrenta o Alavés, um dos integrantes da zona de rebaixamento. Depois, terá mais duas partidas antes do confronto de ida com o Napoli, válido pela Liga Europa, que está marcado para o dia 17 de fevereiro.

O peso Dembélé

Valor de compra: 140 milhões de euros
Salário: 60 milhões de euros (5 anos)
Quanto custou por gol? 6,4 milhões de euros
Quanto custou por assistência? 8,7 milhões de euros
Quanto custou por partida? 1,6 milhão de euros
Quanto custou por minuto jogado? 26.700 euros