PUBLICIDADE
Topo

Rafael Reis

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Brasil é a 8ª melhor seleção do planeta em 2021; confira o top 10

Apenas sete seleções tiveram aproveitamento melhor que o Brasil no ano - Ettore Chiereguini/AGIF
Apenas sete seleções tiveram aproveitamento melhor que o Brasil no ano Imagem: Ettore Chiereguini/AGIF
Rafael Reis

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

19/11/2021 04h00

Já classificada para a Copa do Mundo, ainda invicta nas Eliminatórias do Qatar-2022 e na briga para recuperar a liderança do ranking da Fifa, a seleção brasileira teve o oitavo melhor aproveitamento do planeta neste ano.

Contando os compromissos válidos pelo qualificatório e pela Copa América, a equipe dirigida por Tite foi a campo 16 vezes em 2021 e obteve 12 vitórias, três empates e somente uma derrota (para a Argentina, em julho, na decisão do torneio continental).

Isso significa que Neymar, Casemiro, Marquinhos e cia. conquistaram 81,2% dos pontos que disputaram. Dentre os 50 primeiros colocados do ranking da Fifa na atualidade, somente sete países tiveram desempenho melhor.

A maioria dessas seleções está na Ásia e passou parte consideravelmente do ano jogando contra adversários de baixíssima qualidade técnica durante a fase preliminar das Eliminatórias da AFC.

Não à toa, os dois times de melhor campanha em 2021 vêm de lá. Arábia Saudita e Irã só não venceram um dos 11 jogos que disputaram desde janeiro. A equipe do Oriente Médio teve um 0 a 0 contra a Austrália, enquanto os persas empataram com a Coreia do Sul.

Com isso, eles ocupam a liderança das suas respectivas chaves no qualificatório e fecharam a temporada com aproveitamento de 93,9%, o mais alto dentre as seleções do primeiro escalão do futebol mundial.

No total, o top 10 das seleções de melhor desempenho em 2021 conta com 11 equipes (já que houve um empate na décima colocação): cinco asiáticas, três africanas, uma europeia, uma sul-americana e uma da Concacaf (Américas Central e do Norte).

Dentre os times mais tradicionais do planeta, aqueles com chances mais expressivas de brigar pelo título da Copa do Mundo, a Inglaterra foi o único que teve um ano superior ao brasileiro. Vice-campeão da Eurocopa, o English Team acumulou 15 vitórias e quatro empates nos últimos 11 meses (86% de aproveitamento).

Por outro lado, o Uruguai é o integrante desse primeiro escalão do futebol que menos memórias positivas vai carregar de 2021. Os bicampeões mundiais (1930 e 1950) mais perderam do que ganharam neste ano e obtiveram só 40% dos pontos que disputaram. Com resultados tão negativos, estão só na sétima posição das eliminatórias e correm sério risco de não conseguir vaga para a Copa.

Um total de 13 seleções já estão classificadas para a o próximo Mundial. Além do Qatar, que conseguiu sua vaga por ser país-sede, Alemanha, Dinamarca, Brasil, França, Bélgica, Croácia, Espanha, Sérvia, Inglaterra, Suíça, Holanda e Argentina já estão garantidos na competição.

A Copa 2022 será disputada fora do seu período habitual por causa do calor que faz no Oriente Médio no meio do ano. Por isso, começará en 21 de novembro e tem a final marcada para 18 de dezembro.

Essa será a última edição do torneio da Fifa com o formato que vem sendo utilizado desde a França 1998. A partir do Mundial seguinte, serão 48 participantes.

Uma nova mudança pode acontecer em breve. Apesar da rejeição das confederações europeia e sul-americana, a entidade que gerencia o futebol vem tentando emplacar uma proposta para realizar a Copa a cada dois anos. Desde que foi criado, em 1930, o torneio é jogado com quatro anos de diferença de uma edição para a outra.

A única exceção aconteceu no período da Segunda Guerra Mundial, quando houve uma pausa forçada de 12 anos sem que a bola rolasse no torneio.

As melhores seleções de 2021

1 - Arábia Saudita: 93,9% de aproveitamento
Irã: 93,9% de aproveitamento
3 - Marrocos: 91,7% de aproveitamento
4 - Inglaterra: 86% de aproveitamento
5 - Japão: 83,3% de aproveitamento
6 - Estados Unidos: 82,3% de aproveitamento
7 - Argélia: 81,8% de aproveitamento
8 - Brasil: 81,2% de aproveitamento
9 - Egito: 77,8% de aproveitamento
10 - Austrália: 76,7% de aproveitamento
Coreia do Sul: 76,7% de aproveitamento