PUBLICIDADE
Topo

Rafael Reis

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Clube que o Fla quer comprar em Portugal é melhor nos games que no futebol

Equipe de eSports do Tondela tem tido resultados melhores que o time de futebol - Divulgação
Equipe de eSports do Tondela tem tido resultados melhores que o time de futebol Imagem: Divulgação
Rafael Reis

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

22/10/2021 04h00

O Tondela, clube que o Flamengo pretende comprar em Portugal para transformar em sua porta de entrada na Europa, jamais conquistou um título relevante no futebol. Em compensação, tem colhido resultados interessantes no mundo dos eSports.

Só neste ano, o time chegou à final da Taça de Portugal de Fifa 2021 e foi campeão português feminino de eFootball com a atleta Raquel Martinho, conhecida como "Raquel_Ty" no mundo dos games.

A conquista foi o primeiro título nacional adulto obtido pelo clube de 88 anos em qualquer modalidade.

Antes, a equipe da região de Viseu havia conquistado duas edições do Campeonato Português sub-19 de rúgbi seven feminino (2014 e 2015) e obtido algumas vitórias em competições de ciclismo.

No futebol, o Tondela passou a maior parte da sua existência jogando nas divisões inferiores lusas. Não raro, estava tão mal classificado que não tinha nem o direito de disputar competições nacionais e precisava se contentar com torneios regionalizados.

O clube entrou neste século jogando a quinta divisão de Portugal (uma dessas onde só se enfrenta rivais da mesma região). Foi quando começou sua ascensão. Em 2005/06, subiu para a "Série D". Em 2009/10, chegou à terceirona. E, três anos depois, alcançou a Segunda Liga.

Foi só em 2015 que o Tondela conquistou o título da divisão de acesso e chegou pela primeira vez na história à elite do futebol da terra de Cristiano Ronaldo. Desde então, vem se mantendo com muito custo entre os melhores do país.

Na primeira temporada dessa série, a equipe escapou do rebaixamento por um ponto. Na segunda, por um gol. Depois, até melhorou um pouquinho e chegou a ser a 11ª colocada em 2017/18, sua melhor campanha.

A diretoria do Flamengo planeja começar em breve o plano de expansão internacional da marca. A ideia é que, daqui a alguns anos, exista uma equipe com o nome (e, se possível, o uniforme) do rubro-negro brasileiro disputando competições como Liga dos Campeões e Liga Europa.

O Tondela é o favorito do clube brasileiro para ser adquirido e virar o "Flamengo europeu" por já estar na primeira divisão e ter uma possibilidade de evolução mais rápida. No entanto, há outros times de Portugal cuja possibilidade de compra está sendo analisada.

Segundo Rodrigo Mattos, colunista do UOL, o projeto já foi apresentado ao Conselho de Administração. O projeto agora está em fase de captação de investimentos, já que o Fla pretende ficar com algo em torno de 35% ou 40% das ações do clube que for adquirido.

Com três vitórias e cinco derrotas em oito rodadas, o Tondela ocupa a décima colocação do Português e tem quatro pontos de vantagem para o primeiro time da zona de rebaixamento, o Arouca.

Neste sábado, a equipe que é dirigida pelo técnico espanhol Pako Ayestarán (ex-Valencia e Las Palmas) tem pela frente um dos compromissos mais complicados da temporada, contra o vice-líder Porto, em casa.

O time também continua vivo na disputa da Taça de Portugal (estreou com vitória sobre o Camacha, da quarta divisão). Por outro lado, foi eliminado ainda em julho da Taça da Liga (perdeu para o Gil Vicente, seu adversário também na elite lusa).