PUBLICIDADE
Topo

Rafael Reis

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

7 brasileiros conhecidos que estão em campeonatos de 2ª divisão no exterior

Rafael Cabral defende o Reading, que disputa a segunda divisão da Inglaterra - Jordan Mansfield/Getty Images
Rafael Cabral defende o Reading, que disputa a segunda divisão da Inglaterra Imagem: Jordan Mansfield/Getty Images
Rafael Reis

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

22/08/2021 04h00

Atuar fora do Brasil é um sonho para praticamente todo jogador que desponta no nosso futebol. O pacote completo inclui defender uma das grandes equipes do planeta, dividir o gramado com estrelas do porte de Lionel Messi e Cristiano Ronaldo e disputar competições como a Liga dos Campeões da Europa.

Mas esse caminho é para poucos, é a realidade de apenas uma pequena parcela dos representantes do país pentacampeão mundial que se aventuram fora das nossas fronteiras.

Até mesmo alguns jogadores conhecidos do grande público acabam tendo uma trajetória diferente: vão para nações bem menos relevantes no cenário internacional ou acabam disputando divisões inferiores dos campeonatos nacionais mais consagrados.

O "Blog do Rafael Reis" apresenta abaixo sete brasileiros conhecidos que vivem a segunda situação. Na atual temporada, eles bem longe do glamour da Champions e ralando em alguma "Série B" do exterior.

RAFAEL CABRAL
Goleiro
31 anos
Reading (ING)

Campeão da Libertadores-2011 pelo Santos, foi apontado durante muito tempo como o futuro goleiro titular da seleção brasileira. Mas Rafael prejudicou bastante o andamento de sua carreira e os planos de assumir a meta canarinho ao permanecer durante cinco temporadas como reserva do Napoli (em alguns momentos, chegou a ser até a terceira opção para o setor). Desde 2019, o arqueiro vive uma situação bem diferente e tem jogado semana após semana na Championship inglesa pelo Reading. Sua primeira temporada por lá foi tão boa que ele chegou a ser apontado como candidato a se mudar para a elite da Inglaterra. Só que essa transferência nunca aconteceu, ele continua até hoje labutando na divisão de acesso. Recentemente, o nome de Rafael apareceu em rumores de um possível retorno ao Brasil para jogar no Flamengo.

LUAN
Meia-atacante
31 anos
V-Varen Nagasaki (JAP)

Luan, ex-Atlético-MG, é uma das atrações da segunda divisão japonesa - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Campeão da Libertadores-2013 e da Copa do Brasil-2014, o meia-atacante foi durante anos o motorzinho do Atlético-MG e um dos nomes de maior identificação com a torcida. Não à toa, Luan vestiu o uniforme alvinegro durante sete temporadas. A passagem por Belo Horizonte, no entanto, terminou em 2019. Luan resolveu aceitar o convite do V-Varen Nagasaki para se aventurar na segunda divisão japonesa. Mesmo usando a camisa 10 e atuando em um time pouco expressivo, o brasileiro não possui lugar cativo na equipe titular e tem rendido pouco em campo. Na atual temporada, iniciada em fevereiro, marcou apenas um gol e distribuiu duas assistências.

CARLOS AUGUSTO
Lateral esquerdo
22 anos
Monza (ITA)

Carlos Augusto (Monza) - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Formado na base do Corinthians, o lateral se destacou no Campeonato Paulista do ano passado e rapidamente já foi negociado com o Monza, projeto milionário tocado por Silvio Berlusconi, que já foi primeiro-ministro da Itália e dono do Milan. Apesar de a equipe não ter conseguido a promoção para a elite do Calcio na última temporada, Carlos Augusto teve um ótimo desempenho e acabou sendo um dos destaques da Série B. Com isso, despertou o interesse de clubes da primeira divisão. Por enquanto, o brasileiro continua no Monza e na segundona. Mas a janela de transferências ainda está aberta, e esse cenário pode se alterar durante a próxima semana.

RODRIGO MUNIZ
Atacante
20 anos
Fulham (ING)

Rodrigo Muniz, ex-Flamengo, foi apresentado como reforço do Fulham, da Inglaterra - Twitter Fulham - Twitter Fulham
Imagem: Twitter Fulham

Revelação das categorias de base do Flamengo, o garoto aproveitou bem as oportunidades que recebeu durante o último ano (marcou três vezes só neste Campeonato Brasileiro) e ficou grande demais para se contentar em ser apenas a terceira opção do clube carioca para o posto de centroavante. Ainda sem condições de brigar com Gabigol e Pedro por um lugar no time, preferiu uma saída prematura para o exterior. A melhor proposta que pintou foi a do Fulham, um daqueles clubes conhecidos por ficarem se revezando entre a primeira e a segunda divisão da Inglaterra (foi 18º colocado na elite da última Premier League). Na atual temporada, Muniz vai disputar a Championship, mas com enorme chance de descolar um acesso para 2022/23.

PEGLOW
Meia-atacante
19 anos
Porto B (POR)

Peglow comemora arrancada pelo Porto, de Portugal - Reprodução/Instagram - Reprodução/Instagram
Imagem: Reprodução/Instagram

Camisa 10 da seleção brasileira na conquista do Mundial sub-17 de dois anos atrás, o meia-atacante teve bastante espaço no elenco do Internacional na última temporada, mas passou a ser menos aproveitado depois da chegada do técnico Miguel Ángel Ramírez. A solução encontrada pelo Inter foi emprestar Peglow para o Porto. Só que o garoto não aportou direto no time principal da equipe portuguesa. Por enquanto, ele bate ponto é na equipe B, destinada aos jogadores mais jovens e ainda em processo de amadurecimento, que disputa a segunda divisão da terra de Cristiano Ronaldo. O brasileiro foi titular nas duas primeiras partidas da temporada.

JUNIOR MESSIAS
Meia-atacante
30 anos
Crotone (ITA)

Júnior Messias (Crotone) - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Desconhecido por aqui, o meia-atacante se destacou no último Campeonato Italiano (nove gols e quatro assistências), mas não conseguiu evitar o rebaixamento do modesto Crotone. Assim como Carlos Augusto, Junior Messias ainda vive a expectativa de descolar algo melhor antes do fechamento da janela. Seu nome tem sido especulado em equipes pequenas que disputam a Serie A. Mas, se permanecer no Crotone ou mesmo caso se transfira para o Monza (outra possibilidade veiculada pela imprensa italiana), o mineiro de Belo Horizonte terá mesmo de trabalhar para tentar retornar com seu clube para a elite do país vencedor da última Eurocopa.

ADEMILSON
Atacante
27 anos
Wuhan Three Towns (CHN)

Ademilson (Wuhan Three Towns) - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Destaque nos tempos em que militava nas categorias de base do São Paulo, o atacante não se firmou no Morumbi, mas teve uma carreira bem interessante no Japão, com direito a passagens pelos poderosos Yokohama Marinos e Gamba Osaka. Com a carreira em baixa depois de uma temporada marcada por problemas comportamentais (provocou um acidente de trânsito ao dirigir sob efeito de álcool), Ademilson se transferiu para a China em fevereiro para tentar ajudar o Wuhan Three Towns a chegar na primeira divisão. Só que, pelo menos por enquanto, sua equipe está fora da zona de acesso à elite.