PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Rafael Reis

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Goleador da Champions nasceu no Brasil e foi à Europa para jogar na defesa

Luvannor já fez 4 gols nesta edição da Champions por time da Moldávia - Sokolov Sergey/Divulgação
Luvannor já fez 4 gols nesta edição da Champions por time da Moldávia Imagem: Sokolov Sergey/Divulgação
Rafael Reis

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

03/08/2021 04h00

O artilheiro da fase preliminar da Liga dos Campeões nesta temporada nasceu em Campo Maior, cidade com pouco menos de 50 mil habitantes localizada no norte do Piauí, e jogava na defesa quando se transferiu para a Europa.

Luvannor tem 31 anos, já marcou quatro vezes nesta edição da Champions e é o principal nome do Sheriff Tiraspol, atual campeão nacional da Moldávia, que enfrenta hoje o Estrela Vermelha, da Sérvia, pela penúltima rodada de mata-matas das eliminatórias.

O camisa 70 brilhou nos playoffs anteriores. Ele meteu duas bolas nas redes nas vitórias contra o Teuta, da Albânia, e outras duas nos confrontos diretos com o Alashkert, da Armênia.

Além de Luvannor, somente um outro jogador, o finlandês Roope Riski, do HJK Helsinque, já tem quatro gols anotados na atual edição da competição interclubes mais badalada do planeta.

O piauiense fez praticamente toda sua carreira no exterior. Aos 21 anos, o então jogador do Morrinhos, clube acostumado a atuar nas divisões inferiores do futebol goiano, candidatou-se a uma vaga para jogar de lateral no próprio Sheriff.

Só que depois que chegou na Moldávia, descobriram que ele levava bem mais jeito para o ataque do que na defesa. Resultado: Luvannor virou atacante, ganhou três títulos nacionais e foi o goleador máximo do país na temporada 2013/14.

O sucesso lhe abriu as portas da seleção. O astro do Sheriff vestiu a camisa da Moldávia em seis ocasiões até a Fifa se pronunciar sobre seu processo de naturalização e impedi-lo de continuar defendendo a nação que o acolheu por não ter completo cinco anos consecutivos de residência por lá.

Depois da experiência como selecionável, Luvannor rodou bastante pelo Oriente Médio. Foram sete anos em três clubes diferentes dos Emirados Árabes até ser recontratado por seu primeiro clube no exterior pouco mais de um mês atrás.

Agora, o atacante nascido no Brasil tem o objetivo de classificar o Sheriff pela primeira vez na história para a fase de grupos da Champions. Sua parte, balançar as redes, ele anda fazendo muito bem.

Vinte e dois clubes ainda estão vivos na disputa pelas últimas seis vagas na etapa principal do torneio. Esse grupo que participa das preliminares conta com várias forças conhecidas do futebol europeu, como Benfica, PSV Eindhoven, Monaco, Shakhtar Donetsk e Rangers.

Os confrontos da penúltima rodada desses playoffs serão jogados nesta e na próxima semana. Os vencedores ainda terão mais um mata-mata pela frente para descobrir se vão ou não se juntar aos clubes mais poderosos e endinheirados do Velho Continente.

Só uma dessas partidas já está definida e irá colocar frente a frente Red Bull Salzburg e Brondby. Os outros cinco jogos dependerão dos resultados dos próximos nove dias.

Todos os 32 participantes da etapa principal da Champions serão conhecidos até 25 de agosto. E ela será disputada entre setembro e dezembro.

O novo campeão europeu será revelado ao mundo em 28 de maio do próximo ano. Depois de duas temporadas consecutivas em Portugal devido a adaptações relacionadas à pandemia da covid-19, a decisão do torneio continental desta vez será jogada no estádio Krestovsky, em São Petersburgo, na Rússia.

Conheça os times já garantidos na fase de grupos:

Ajax (HOL)
Atalanta (ITA)
Atlético de Madri (ESP)
Barcelona (ESP)
Bayern de Munique (ALE)
Besiktas (TUR)
Borussia Dortmund (ALE)
Brugge (BEL)
Chelsea (ING)
Dínamo de Kiev (UCR)
Inter de Milão (ITA)
Juventus (ITA)
Lille (FRA)
Liverpool (ING)
Manchester City (ING)
Manchester United (ING)
Milan (ITA)
Paris Saint-Germain (FRA)
Porto (POR)
RB Leipzig (ALE)
Real Madrid (ESP)
Sevilla (ESP)
Sporting (POR)
Villarreal (ESP)
Wolfsburg (ALE)
Zenit São Petersburgo (RUS)