PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Rafael Reis

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Até 12 jogadores da Itália podem mudar de time após final da Eurocopa; veja

Jogadores da Itália comemoram classificação para final da Euro - Getty Images
Jogadores da Itália comemoram classificação para final da Euro Imagem: Getty Images
Rafael Reis

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

08/07/2021 04h00

Pela quarta vez na história, a Itália vai disputar uma final de Eurocopa. Neste domingo, a equipe campeã em 1968 e vice em 2000 e 2012 irá medir forças contra a Inglaterra, no estádio de Wembley, em Londres, pelo posto de melhor seleção do Velho Continente.

Ainda que não levantem a taça, os jogadores da Azzurra já têm um belo motivo para saírem cheios de felicidade da competição. Afinal, as boas atuações melhoraram suas cotações do Mercado da Bola internacional e agitaram suas vidas profissionais.

Pelo menos 12 dos 26 integrantes do elenco comandado pelo técnico Roberto Mancini podem mudar de clube após o encerramento da Euro.

O "Blog do Rafael Reis" traz abaixo os rumores publicados e exibidos pela imprensa europeia nas últimas semana a respeito do futuro dos atletas da seleção italiana.

GIANLUIGI DONNARUMMA (G, 22 anos): O herói da classificação para a final decidiu não renovar contrato com o Milan, clube onde iniciou a carreira, e vai para o Paris Saint-Germain. A transferência deve ser oficializada no começo da próxima semana. Na França, Donnarumma irá receber um salário anual de 12 milhões de euros (R$ 74, 1 milhões).

LORENZO INSIGNE (MA, 30 anos): Camisa 10 e jogador mais criativo da Azzurra, o baixinho fez história com a camisa do Napoli, mas quer uma bela valorização salarial para renovar o contrato que vence no próximo ano. De acordo com o jornal "Corriere dello Sport", Barcelona e Tottenham apostam que o clube italiano não conseguirá dar o aumento pedido e, para não perder Insigne de graça, terá de negociá-lo já nesta janela.

GIORGIO CHIELLINI (Z, 36 anos): Depois de 16 temporadas dedicadas à Juventus, o capitão italiano está oficialmente desempregado desde o início do mês. Segundo a "Sky Sports", a tendência é que Chiellini acabe renovando com o clube de Turim. No entanto, isso só deve acontecer depois do fim da Euro, o que abre uma brecha para que o veterano negocie livremente com qualquer clube que deseje contratá-lo.

NICOLÒ BARELLA (M, 24 anos): Um dos destaques da Inter na conquista do título italiano, o meia tem sido titular absoluto na Euro e já participou ativamente de três gols. Aproveitando a crise econômica que tomou conta do clube de Milão, Liverpool e Real Madrid cresceram os olhos sobre Barella. Mas ainda não há nenhuma proposta oficial pelo jogador.

MANUEL LOCATELLI (M, 23 anos): O meia do Sassuolo brilhou na fase de grupos, mas acabou perdendo a titularidade depois do retorno de Marco Verratti, recuperado de lesão. Mesmo com a ida para reserva, Locatelli conquistou vários interessados. O principal deles é a Juventus, que, segundo a "Gazzetta dello Sport", está disposta a pagar 40 milhões de euros (R$ 248 milhões) pelo camisa 5. Liverpool, Real Madrid e Arsenal também estão nessa disputa.

DOMENICO BERARDI (A, 26 anos): Assim como Locatelli, seu companheiro de Sassuolo e da seleção, também perdeu a posição durante a Euro mais por mérito de quem entrou (Federico Chiesa) do que por demérito próprio. Segundo o "TuttoMercato", Berardi tem em mãos uma proposta de 40 milhões de euros (R$ 248 milhões) do Milan e três sondagens vindas da Inglaterra: de Tottenham, Leicester e Liverpool. O Sassuolo quer pelo menor 50 milhões de euros (R$ 310 milhões) para vendê-lo.

EMERSON PALMIERI (LE, 26 anos): O lateral esquerdo nascido em Santos é reserva no Chelsea, mas talvez tenha mais oportunidades de jogar na próxima temporada. Isso porque, segundo o jornal "Il Tempo", Emerson foi oferecido pelos ingleses à Roma para suprir a ausência de Leonardo Spinnazola, titular da seleção italiana, que rompeu o tendão de Aquiles nas quartas de final da Euro e não deve voltar a jogar neste ano. O Napoli é outro possível destino para o jogador.

ANDREA BELOTTI (A, 27 anos): Reserva de Ciro Immobile no comando de ataque da Azzurra, o atacante pode deixar o Torino depois de brigar contra o rebaixamento na última temporada. Segundo o jornal "Corriere dello Sport", a Roma já ofereceu 15 milhões de euros (R$ 93 milhões), valor considerado baixo pelos donos dos seus direitos econômicos. O Arsenal seria outro interessado em contratá-lo.

SALVATORE SIRIGU (G, 34 anos): Primeiro reserva de Donnarumma, o goleiro do Torino tem boas chances de mudar de clube depois da Euro sem ter que sair da cidade onde mora. De acordo com o "Calciomercato", Sirigu é o nome preferido da diretoria da Juventus para substituir Gianluigi Buffon e ser o novo suplente de Wojciech Szczesnsny na meta bianconera.

ALESSANDRO BASTONI (Z, 22 anos): Maior promessa defensiva da Itália para o futuro, o zagueiro da Inter já teve alguns minutos na Euro e deve naturalmente assumir a titularidade nos próximos anos. Antes, no entanto, pode deixar Milão para tentar a sorte no exterior. Segundo a ESPN, o Barcelona ofereceu o veterano lateral esquerdo Jordi Alba para ser envolvido em uma troca por Bastoni.

GIACOMO RASPADORI (A, 21 anos): Surpresa da convocação de Mancini, o garoto que até um mês e meio atrás na estava na seleção sub-21 é outro destaque do Sassuolo que tem enchido os olhos de clubes do primeiro escalão. No caso, da Inter de Milão, que pretende gastar com Raspadori 20 milhões de euros (R$ 124,3 milhões) da grana da venda de Achraf Hakimi ao PSG.

ALEX MERET (G, 24 anos): Único jogador da Itália que não foi a campo sequer por um minuto na Euro, o goleiro do Napoli está na mira do Real Madrid. Segundo o diário "As", o técnico Carlo Ancelotti pediu a contratação do jovem arqueiro, com quem já trabalhou no passado, para ser o novo reserva direto de Thibaut Courtois.