PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Rafael Reis

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

5 destaques da fase de grupos da Libertadores para seu time contratar

Colombiano Miguel Borja é um dos artilheiros da Libertadores-2021 - RICARDO MALDONADO/EFE
Colombiano Miguel Borja é um dos artilheiros da Libertadores-2021 Imagem: RICARDO MALDONADO/EFE
Rafael Reis

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

09/06/2021 04h20

A fase de grupos da Libertadores 2021 ficou para trás. A competição já definiu os 16 melhores times da temporada, entrou em recesso para a realização da Copa América e só retornará daqui a pouco mais de um mês, no dia 13 de julho.

Momento perfeito para os clubes brasileiros olharem para aquilo que de melhor rolou nos gramados sul-americanos nas últimas semanas a fim de encontrar nomes interessantes que possam reforçar seus elencos no segundo semestre.

O "Blog do Rafael Reis" selecionou cinco jogadores que se destacaram na fase de grupos do torneio continental e que seriam contratações bem interessantes para os times do país pentacampeão mundial na sequência da temporada.

MIGUEL BORJA
Atacante
28 anos
Colombiano
Junior de Barranquilla (COL)

Autor de seis gols na Libertadores, o centroavante que divide a artilharia da competição com Gabigol (Flamengo), Hulk (Atlético-MG) e Rony (Palmeiras) até tem contrato com um clube brasileiro. No entanto, nem mesmo o Palmeiras sabe se terá Borja de volta no segundo semestre, quando termina seu empréstimo ao Junior de Barranquilla. Isso porque o clube colombiano tem uma opção de compra prioritária prevista no acordo selado com os atuais campeões sul-americanos. Além disso, a boa fase de Borja despertou a atenção de outros times (até mesmo do Brasil) no camisa 9. Recentemente, o diretor de futebol do São Paulo, Carlos Belmonte, elogiou o jogador e provocou rumores de uma possível investida para contratá-lo.

TOMÁS CHANCALAY
Meia-atacante
22 anos
Argentino
Racing (ARG)

Tomás Chancalay, atacante do Racing, em ação pela Copa Libertadores  - Agustin Marcarian - Pool/Getty Images - Agustin Marcarian - Pool/Getty Images
Imagem: Agustin Marcarian - Pool/Getty Images

Um gol a cada 43 minutos. Foi essa a incrível marca que o camisa 28 do Racing construiu na fase de grupos da Libertadores. Chancalay participou de quatro das seis partidas da equipe argentina na etapa classificatória (só ficou fora dos dois jogos contra o São Paulo) e já meteu cinco bolas nas redes. Extremamente versátil, o meia-atacante pode atuar em todas as funções do setor ofensivo e, por ser muito jovem, ainda tem bastante margem de evolução pela frente. Chancalay tem contrato com o Colón e está emprestado ao Racing. Portanto, se alguém quiser contratá-lo já nos próximos meses, será necessário negociar com as duas equipes.

CHRISTIAN ORTIZ
Meia-atacante
28 anos
Argentino
Independiente del Valle (EQU)

Christian Ortiz (Independiente del Valle) - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Exímio cobrador de faltas, foi o principal responsável pelo Independiente del Valle ter despachado no Grêmio nas fases preliminares da Libertadores. Durante a fase de grupos, manteve o bom rendimento e marcou mais três gols. No entanto, seu futebol foi insuficiente para fazer os equatorianos avançarem para a reta final do torneio continental. Apesar de ter nascido na Argentina, Ortiz passou a maior parte da carreira atuando no Peru. O meia-atacante chegou ao Del Valle em 2020 e, durante uma temporada inteira, trabalhou com o técnico Miguel Ángel Ramírez. Não é coincidência portanto que seu nome já tenha sido apontado como possível reforço do Internacional.

FERNANDO ZAMPEDRI
Atacante
33 anos
Argentino
Universidad Católica (CHI)

Zampedri comemora gol da Universidad Católica contra o Inter - Alex Reyes/Conmebol - Alex Reyes/Conmebol
Imagem: Alex Reyes/Conmebol

Encontrar um bom camisa 9 das antigas, aquele atacante que fica mais fixo dentro da área e que se destaca no jogo aéreo e na capacidade de finalização, não é das tarefas mais fáceis no futebol atual. Por isso, os times que julgam ser necessário ter um centroavante com essas características deveriam olhar com mais carinho para o elenco da Universidad Católica. O argentino Zampedri já tem 7 gols em 13 partidas nesta temporada (dois pela Libertadores) e corresponde às características descritas acimas. No ano passado, seu primeiro pela equipe chilena, ele chegou a ter um namorico com o Inter, mas o interesse acabou não se concretizando em transferência.

MARIO PINEIDA
Lateral esquerdo
28 anos
Equatoriano
Barcelona de Guayaquil (EQU)

Mario Pineida (Barcelona) - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

O Barcelona foi a maior surpresa da fase de grupos. Mesmo tendo Boca Juniors e o atual vice-campeão, Santos, como adversários, a equipe equatoriana avançou para os playoffs finais na liderança de sua chave e só tomou três gols. E um dos principais responsáveis por essa façanha foi Pineida. Jogador do time de Guayaquil desde 2016, o lateral esquerdo marcou um gol e distribuiu uma assistência na Libertadores até o momento. O melhor momento de sua carreira foi recompensado com o retorno à seleção. Pineida foi convocado para as rodadas de junho das Eliminatórias Sul-Americanas e também deve disputar a Copa América.