PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Rafael Reis

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Quem são os favoritos ao prêmio de melhor jogador do mundo nesta temporada?

Neymar recebe o troféu de melhor em campo no confronto contra o Bayern - Alexander Scheuber - UEFA/UEFA via Getty Images
Neymar recebe o troféu de melhor em campo no confronto contra o Bayern Imagem: Alexander Scheuber - UEFA/UEFA via Getty Images
Rafael Reis

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

15/04/2021 04h00

Paris Saint-Germain x Manchester City e Real Madrid x Chelsea. As semifinais da Liga dos Campeões da Europa já estão definidas.

Além de decidir o time número um da temporada no Velho Continente, a reta final do torneio interclubes mais importante do planeta também terá um papel decisivo no processo de escolha do vencedor dos prêmios de melhor jogador do mundo.

O "Blog do Rafael Reis" mostra abaixo os nomes que despontam como principais candidatos ao The Best (Fifa) e à Bola de Ouro (revista "France Football") em 2020/21 e mostra o que cada um deles ainda precisa fazer para levar os troféus para casa.

NEYMAR
Meia-atacante
29 anos
Brasileiro
Paris Saint-Germain (FRA)
Jogos: 22
Gols: 13
Assistências: 8

Quatorze anos depois da vitória de Kaká, o Brasil pode ter novamente um jogador sendo eleito o melhor do mundo. Ainda que quem esteja fazendo os gols mais decisivos e se comportando como protagonista do PSG na Champions seja Mbappé, Neymar tem totais condições de reverter a situação e conquistar os prêmios relativos a 2020/21. Claro que, para isso acontecer, será necessário que o camisa 10 empilhe atuações de gala nas semifinais e na decisão. Também é primordial que saia da temporada com o título europeu nos braços. Só assim o brasileiro poderá desbancar aquele que talvez seja seu maior inimigo no prêmio: a antipatia que boa parte do mundo do futebol (jogadores, técnicos e jornalistas, que votam nessas eleições) nutre por ele.

KYLIAN MBAPPÉ
Atacante
22 anos
Francês
Paris Saint-Germain (FRA)
Jogos: 40
Gols: 33
Assistências: 10

Mbappé comemorando um de seus gols contra o Bayern de Munique - GettyImages - GettyImages
Imagem: GettyImages

Vice-artilheiro da Champions, o prodígio francês marcou cinco dos seus oito gols já nos mata-matas decisivos da competição, contra Barcelona e Bayern de Munique. Ou seja, Mbappé tem brilhado justamente nos confrontos mais importantes da temporada. Além disso, o camisa 7 também é o goleador do Campeonato Francês e conta com um importante fator ao seu lado: a popularidade. Afinal, é praticamente consenso entre os analistas que o jovem astro algum dia será eleito o melhor do mundo. Se o PSG for campeão europeu e Neymar não "comer a bola" nos últimos confrontos da competição, é bem possível que essa profecia se concretize já na atual temporada.

KEVIN DE BRUYNE
Meia
29 anos
Belga
Manchester City (ING)
Jogos: 34
Gols: 8
Assistências: 16

Belga Kevin de Bruyne é um dos titulares da "seleção da Europa" - Divulgação/Uefa - Divulgação/Uefa
Imagem: Divulgação/Uefa

Apesar de jamais ter sido finalista de um prêmio de melhor do mundo, o líder do Manchester City pode estrear no pódio da eleição da Fifa (e também no da Bola de Ouro) já ocupando o lugar mais alto. Caso leve a equipe inglesa ao seu primeiro título de Champions, De Bruyne deve receber a maioria dos votos daqueles eleitores que preferem sempre premiar o craque do melhor time da temporada. Perto de completar 30 anos, De Bruyne é praticamente unanimidade no posto de maior meio-campista do planeta na atualidade. Agora, talvez tenha chegado ao momento de ele dar um passo extra e virar o número 1 dentre todas as posições.

CRISTIANO RONALDO
Atacante
36 anos
Português
Juventus (ITA)
Jogos: 37
Gols: 32
Assistências: 4

Cristiano Ronaldo comemora primeiro gol da partida entre Juventus e Napoli pelo Campeonato Italiano - Marco BERTORELLO / AFP - Marco BERTORELLO / AFP
Imagem: Marco BERTORELLO / AFP

CR7 não faz uma grande temporada. Foi eliminado ainda nas oitavas de final da Champions e provavelmente não será campeão italiano com a Juventus. Em um ano normal, seria carta fora do baralho. Só que esta não é uma temporada normal. E a Eurocopa pode recolocar Cristiano Ronaldo no jogo. Afinal, Portugal tem uma das seleções mais fortes do planeta na atualidade e pode ser bicampeã continental. Caso isso aconteça, o dono da camisa 7 já vira potencial candidato aos prêmios de melhor do mundo. E, se os portugueses conquistarem o título tendo CR7 como protagonista, aí o favoritismo pode virar todo dele.

LIONEL MESSI
Meia-atacante
33 anos
Argentino
Barcelona (ESP)
Jogos: 39
Gols: 29
Assistências: 13

Com 8 gols nos últimos 5 jogos, Messi vive melhor momento na temporada - Eric Alonso/Getty Images - Eric Alonso/Getty Images
Imagem: Eric Alonso/Getty Images

É bom nunca subestimar a força do camisa 10 argentino em uma eleição da Fifa. Seis vezes vencedor do prêmio de melhor do mundo, Messi conta com uma legião de eleitores fiéis que votam nele faça chuva ou faça sol, apenas pelo conjunto da obra e sem se importar muito com o desempenho em uma temporada específica. Se nesta edição não surgir um favorito tão destacado e os votos acabarem ficando pulverizados entre vários candidatos, o astro do Barcelona, mesmo eliminado precocemente da Champions e sem mostrar o melhor futebol da sua carreira, pode se dar bem. Suas chances podem aumentar ainda mais se ele conduzir a equipe catalã ao título espanhol nesta reta final de temporada.