PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Rafael Reis

REPORTAGEM

Texto que relata acontecimentos, baseado em fatos e dados observados ou verificados diretamente pelo jornalista ou obtidos pelo acesso a fontes jornalísticas reconhecidas e confiáveis.

Na contramão de rivalidade, Mbappé e Haaland podem ser companheiros de time

Mbappé e Haaland já se enfrentaram duas vezes e cada um obteve uma vitória - Reprodução
Mbappé e Haaland já se enfrentaram duas vezes e cada um obteve uma vitória Imagem: Reprodução
Rafael Reis

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

19/02/2021 04h00

Durante mais de uma década, o mundo do futebol parou para assistir aos confrontos entre Lionel Messi e Cristiano Ronaldo. Cada encontro entre os dois jogadores mais importantes de sua geração era um evento global, que atraía a atenção de boa parte dos amantes da bola.

No entanto, é pouco provável que os enfrentamentos dos maiores candidatos a substituí-los como protagonistas do futebol mundial despertem esse mesmo nível de comoção.

E o motivo é simples: há uma boa chance do francês Kylian Mbappé, 22 anos, e do norueguês Erling Haaland, 20, passarem boa parte de suas carreiras sendo companheiros de time e não adversários, como aconteceu com Messi e CR7.

Os dois principais destaques da primeira semana das oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa encabeçam a lista de reforços para as próximas temporadas do Real Madrid, clube que tem a contratação de estrelas como principal estratégia de marketing.

De acordo com o jornal espanhol "As", a prioridade para a janela de transferências de julho é Haaland. O time merengue pretende aproveitar que o Borussia Dortmund anda mal das pernas no Campeonato Alemão (sexta posição) e está sofrendo demais com a falta do dinheiro de bilheteria para negociar com o centroavante.

Além disso, o contrato do norueguês prevê que a partir de 2022 será ativada uma multa rescisória de 75 milhões de euros (R$ 491,8 milhões). Ou seja, a próxima edição do Mercado da Bola será a última chance dos aurinegros venderem seu craque por um valor mais alto.

Já o namoro do Real com Mbappé é mais antigo e começou quando o francês ainda estava nas categorias de base. Nos últimos anos, o atacante deu vários indícios de que pretende algum ainda atuar em Madri... só não se sabe quando.

O contrato do camisa 7 com o PSG termina em junho de 2022. E, ao contrário do que acontece com Neymar, não existem nem rumores de que uma extensão possa ser anunciada nas próximas semanas.

Com isso, o Real pode negociar diretamente com o estafe de Mbappé para que ele seja contratado sem custos daqui a um ano e meio. Mas existe também a hipótese de uma ofensiva já no verão europeu.

Segundo o jornal "Marca", caso opte por apresentar uma proposta pelo atacante nos próximos meses, essa poderá chegar à casa dos 300 milhões de euros (R$ 1,9 bilhão). Mas o valor não seria pago exclusivamente com dinheiro, já que poderia incluir as transferências do zagueiro Raphaël Varane e do volante brasileiro Casemiro.

Mbappé e Haaland já se enfrentaram duas vezes, ambas na edição passada da Champions, e cada um venceu uma partida.

No jogo de ida do confronto das oitavas de final do torneio de 2019/20, o norueguês fez os dois gols dos alemães no 2 a 1 aplicado pelo Dortmund sobre o PSG. Já o francês contra-atacou com uma assistência para Neymar.

Na partida de volta, o camisa 7 estava machucado, começou no banco e só entrou aos 19 minutos do segundo tempo do 2 a 0 que fez os parisienses avançarem na competição. Haaland, por outro lado, foi titular, mas pouco conseguiu fazer para evitar a eliminação.

Apesar de o sorteio dos confrontos da próxima fase da Champions ainda não ter sido realizado, os dois jovens astros podem se encontrar novamente na sequência da competição, já que seus times estão com a classificação encaminhada para as quartas.

Com um hat-trick de Mbappé, o PSG goleou o Barcelona por 4 a 1, na Catalunha. Já o Dortmund também venceu um espanhol fora de casa: 3 a 2 no Sevilla, com direito a dois gols de Haaland. Os jogos de volta estão marcados para a semana de 9 de março.

A decisão da temporada 2020/21 do torneio europeu está agendada para 29 de maio e será disputada no Olímpico Atatürk, em Istambul (Turquia). O estádio originalmente seria palco da final do ano passado, que precisou ser alterada por causa da pandemia da covid-19.