PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Rafael Reis

Em turnê de despedida no Barça, Messi perde magia e só faz gol de pênalti

Início de temporada do adeus de Messi ao Barcelona tem deixado a desejar - GABRIEL BOUYS / AFP
Início de temporada do adeus de Messi ao Barcelona tem deixado a desejar Imagem: GABRIEL BOUYS / AFP
Rafael Reis

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

23/10/2020 04h00

O início da turnê de despedida de Lionel Messi do Barcelona tem sido decepcionante para quem imaginava que o astro argentino comeria a bola e jogaria melhor do que nunca em sua provável última temporada pelo clube que defende desde o início da carreira como profissional.

O hexacampeão de prêmios de melhor jogador do mundo, que entrou em confronto com a diretoria catalã, quase foi embora do Camp Nou na última janela de transferências e já anunciou que buscará outra equipe ao término do seu contrato, em junho, tem sido bem discreto nos primeiros compromissos de 2020/21.

O clássico contra o Real Madrid, amanhã, em casa, pelo Campeonato Espanhol, será a sexta apresentação do camisa 10 nesta temporada, a menos produtiva dos últimos 13 anos de sua carreira.

Até o momento, o meia-atacante só marcou dois gols, ambos de pênalti: um na goleada por 4 a 0 sobre o Villarreal, na estreia na La Liga, e outro no 5 a 1 aplicado sobre o Ferencváros, da Hungria, na abertura da Liga dos Campeões.

O camisa 10 ainda distribuiu três assistências para seus companheiros marcarem. Na média, participou ativamente de um gol por partida, uma marca excepcional para quase todo mundo, mas bem abaixo do "padrão Messi de qualidade".

A última vez em que o craque foi tão pouco produtivo foi na temporada 2007/08, quando ele tinha apenas 20 anos e nenhum prêmio de melhor do planeta na prateleira. Naquela ocasião, ele criou 32 gols (16 marcados por ele mesmo e outros 16 nascidos dos seus passes) ao longo de 40 partidas.

O desempenho atual de Messi não chega nem aos pés do seu auge. Em 2011/12, ele participou em média de 1,77 gol por jogo (marcou 73 vezes e deu 33 assistências). E, mesmo na temporada passada, de tão tristes lembranças para o torcedor do Barça, seus números foram bem melhores que os atuais: média de 1,29 tento nascido dos seus pés por partida.

Menos participativo, o argentino já vem tendo até mesmo o seu protagonismo na equipe catalã ameaçado, algo impensável durante a última década. Neste início de temporada, por exemplo, Ansu Fati participou de mais gols do que ele.

O garoto, que completa 18 anos no fim do mês, e tem sido a atração dos últimos jogos do Barça já participou de seis gols em 2020/21, um a mais que Messi. Ele marcou quatro vezes e concedeu dois passes que terminaram com a bola na rede.

Apesar de ser o maior artilheiro da história do clássico número um da Espanha, com 26 gols, Messi não vem tendo sorte nos confrontos mais recentes contra o Real Madrid.

A última vez que ele balançou as redes do maior rival dos catalães já faz mais de dois anos. O camisa 10 marcou no empate por 2 a 2, em maio de 2018, pela antepenúltima rodada do Espanhol.

Desde então, já foram disputados mais seis clássicos... e nada de gol de Messi.

O confronto de amanhã reúne dois times que ainda não se encontraram nesta temporada. O Real estreou com derrota para o Shakhtar Donetsk na Liga dos Campeões e ocupa a terceira colocação no campeonato nacional, com dez pontos, um a menos que Real Sociedad e Villarreal.

O Barça até que largou bem na Champions. Em compensação, só somou sete pontos em suas quatro primeiras apresentações no Espanhol, vem de dois tropeços consecutivos na competição e ocupa uma modesta nona posição.

MÉDIA DE GOLS COM PARTICIPAÇÃO DE MESSI NO BARÇA

2020/21 - 1 por partida
2019/20 - 1,29 por partida
2018/19 - 1,42 por partida
2017/18 - 1,17 por partida
2016/17 - 1,38 por partida
2015/16 - 1,33 por partida
2014/15 - 1,54 por partida
2013/14 - 1,19 por partida
2012/13 - 1,52 por partida
2011/12 - 1,77 por partida
2010/11 - 1,40 por partida
2009/10 - 1,11 por partida
2008/09 - 1,10 por partida
2007/08 - 0,80 por partida
2006/07 - 0,56 por partida
2005/06 - 0,52 por partida
2004/05 - 0,11 por partida