PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Rafael Reis

Elencos da Champions valem R$ 85,4 bilhões; conheça os 10 times mais caros

Atual campeão, Bayern tem o sexto elenco mais caro desta temporada - Getty Images
Atual campeão, Bayern tem o sexto elenco mais caro desta temporada Imagem: Getty Images
Rafael Reis

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

19/10/2020 04h00

Um abismo separa as existências de Barcelona e Ferencváros, que se enfrentam amanhã pela rodada de abertura da fase de grupos da Liga dos Campeões da Europa.

Enquanto os catalães contam com Lionel Messi e jogadores acostumados a defender as principais seleções do mundo (Brasil, Espanha, Holanda, Alemanha), os húngaros não têm sequer um atleta realmente conhecido no cenário internacional da bola.

A diferença fica explícita nos valores de mercado dos elencos dos dois times do Grupo G. Segundo o "Transfermarkt", site especializado nas transferências de jogadores, o elenco do Barça está avaliado em 878,5 milhões de euros (R$ 5,8 bilhões) e é o terceiro mais caro da competição.

O do Ferencváros, por outro lado, é o mais modesto do torneio europeu e custa só 24,3 milhões de euros (R$ 161 milhões de euros). Nada menos que 12 jogadores do seu adversário valem mais que isso.

E o caso do confronto entre espanhóis e húngaros não é único. A Champions pode até se vangloriar de ser o mais importante e badalado torneio interclubes do planeta, mas é também o mais desigual do ponto de vista econômico.

Ainda de acordo com o "Transfermarkt", os jogadores que defendem os 32 clubes presentes na fase de grupos valem juntos 12,9 bilhões de euros (R$ 85,4 bilhões), uma redução de 19,1% em relação à temporada passada.

Mas nove desses times (Liverpool, Manchester City, Barcelona, Paris Saint-Germain, Real Madrid, Bayern de Munique, Chelsea e Manchester United) concentram sozinhos mais de 50% desse valor. Não à toa, todos os campeões europeus dos últimos dez anos saíram desse grupo.

Assim como já acontecia na temporada passada, o atleta mais valioso da Champions é o atacante Kylian Mbappé, vice com o PSG em 2019/20. O francês está avaliado em 180 milhões de euros (R$ 1,2 bilhão) e é mais caro que os dez clubes mais baratos da competição.

Neymar, que também joga na equipe parisiense, ocupa a segunda colocação neste ranking. O principal jogador brasileiro da atualidade tem hoje um preço estimado em 128 milhões de euros (R$ 847,4 milhões).

Devido ao atraso do calendário da temporada passada em virtude da pandemia de coronavírus (Covid-19), a nova edição da Champions está começando cerca de um mês mais tarde que o habitual e terá um calendário bastante espremido na fase de grupos.

Mesmo assim, as 16 equipes classificadas para os playoffs decisivo da competição serão conhecidas em dezembro, como acontece anualmente. A decisão também está prevista para uma data "normal", 29 de maio, e será jogada no estádio Olímpico Atatürk, em Istambul (Turquia), originalmente a sede da final de 2019/20.

Conheça os 10 elencos mais caros da Champions
Liverpool (ING) - 1,08 bilhão de euros
Manchester City (ING) - 1,08 bilhão de euros
Barcelona (ESP) - 878,5 milhões de euros
Paris Saint-Germain (FRA) - 858,8 milhões de euros
Real Madrid (ESP) - 855 milhões de euros
Bayern de Munique (ALE) - 854,7 milhões de euros
Chelsea (ING) - 838,9 milhões de euros
Manchester United (ING) - 799,9 milhões de euros
Atlético de Madri (ESP) - 735,5 milhões de euros
Juventus (ITA) - 690,2 milhões de euros

Conheça os 10 elencos mais baratos da Champions
Brugge (BEL) - 144,2 milhões de euros
Red Bull Salzburg (AUT) - 144 milhões de euros
Shakhtar Donetsk (UCR) - 134,8 milhões de euros
Krasnodar (RUS) - 114,8 milhões de euros
Dínamo de Kiev (UCR) - 100,3 milhões de euros
Olympiakos (GRE) - 96,3 milhões de euros
Basaksehir (TUR) - 86,2 milhões de euros
Lokomotiv Moscou (RUS) - 83,4 milhões de euros
Midtjylland (DIN) - 42,1 milhões de euros
Ferencváros (HUN) - 24,3 milhões de euros

Fonte: Transfermarkt

Errata: o texto foi atualizado
O valor do Bayern de Munique é 854,7 milhões de euros, não 874 milhões.