PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Rafael Reis


7 jogadores brasileiros que estão brilhando no futebol pós-pandemia

Vinícius Junior avança com a bola dominada durante jogo do Real Madrid no Campeonato Espanhol - Gonzalo Arroyo Moreno/Getty Images
Vinícius Junior avança com a bola dominada durante jogo do Real Madrid no Campeonato Espanhol Imagem: Gonzalo Arroyo Moreno/Getty Images
Rafael Reis

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

01/07/2020 04h20

Faz cerca de dois meses que o futebol começou a ser retomado em países que haviam paralisado suas competições em virtude da pandemia do novo coronavírus. A retomada teve início na Coreia do Sul, passou por Alemanha, Portugal, Espanha e já se espalhou por boa parte do planeta.

Apesar de ainda estar em sua fase inicial, o futebol pós-pandemia já tem seus destaques. Um exemplo óbvio é o de Robert Lewandowski que fez um gol atrás do outro nesse período, ganhou o título alemão com o Bayern de Munique e virou candidato real à Bola de Ouro.

Mas essa lista também conta com nomes brasileiros. O "Blog do Rafael Reis" apresenta abaixo sete representantes do país pentacampeão mundial que estão se destacando demais nessa fase de início do retorno do esporte aos dias normais.

VINÍCIUS JÚNIOR
Meia-atacante
19 anos
Real Madrid (ESP)

A oscilação que vem marcando o início da trajetória de Vinícius Júnior no futebol europeu não tem dado as caras no pós-pandemia. Desde que o Campeonato Espanhol retornou, o meia-atacante formado pelo Flamengo tem se mantido em uma alta constante. Vinícius Júnior foi essencial nas vitórias sobre Real Sociedad e Mallorca, é cada vez mais aproveitado entre os titulares por Zinédine Zidane e, de acordo com o jornal espanhol "Marca", tem jogado mais bola que o belga Eden Hazard, um dos craques mais consagrados do Real Madrid.

FABINHO
Volante
26 anos
Liverpool (ING)

Campeão inglês pelo Liverpool, o volante teve uma atuação de gala no último jogo dos Reds antes do fim do jejum de 30 anos sem conquistar a Premier League. Na goleada por 4 a 0 sobre o Crystal Palace, na semana passada, Fabinho fez um golaço e também deu uma assistência daqueles que poucos meio-campistas seriam capazes de executar. O jogador de 26 anos vive o melhor momento de sua carreira e se transformou em uma peça fundamental para o funcionamento da equipe comandada por Jürgen Klopp.

CASEMIRO
Volante
28 anos
Real Madrid (ESP)

Um dos protagonistas do Real nesta temporada, o volante tem mantido depois da quarentena a consistência que é tão característica do seu futebol. O ex-São Paulo foi essencial para que a equipe da capital conseguisse tirar do Barcelona a liderança do Campeonato Espanhol. E o sucesso de Casemiro não está restrito à proteção do sistema defensivo. No fim de semana, foi um gol do volante brasileiro que decidiu a vitória por 1 a 0 do time merengue sobre o Espanyol, lá na Catalunha.

JÚNIOR NEGÃO
Atacante
33 anos
Ulsan Hyundai (CDS)

Por não jogar em um grande centro da Europa, os feitos do atacante que já passou pelo Corinthians não costumam repercutir muito aqui no Brasil. No entanto, incomum é a semana em que Júnior Negão não balança as redes na Coreia do Sul. Nas nove primeiras rodadas da K-League, que começou em maio, ou seja, já depois do auge da pandemia na Ásia, o centroavante marcou nove vezes. Com um desempenho desses, é meio óbvio que não há ninguém acima dele na tabela de artilheiros da competição.

JOÃO PEDRO
Atacante
28 anos
Cagliari (ITA)

João Pedro Cagliari - Augusto Casasoli - Augusto Casasoli
Imagem: Augusto Casasoli

Brasileiro mais bem classificado na Chuteira de Ouro desta temporada, o ex-jogador de Atlético-MG e Santos marcou um gol e deu duas assistências nas duas partidas que disputou desde o retorno do Campeonato Italiano. No total, o camisa 10 do Cagliari já meteu 17 bolas nas redes no Calcio, maior marca de um jogador brasileiro na competição nos últimos 16 anos. Com isso, João Pedro já igualou o feito atingido pela última vez por Adriano Imperador, na temporada 2003/2004 da primeira divisão local.

MALCOM
Atacante
23 anos
Zenit São Petersburgo (RUS)

Depois de perder boa parte da sua temporada de estreia na Rússia por conta de uma cirurgia no tendão da coxa esquerda, o ex-Corinthians tem se dado bem no futebol pós-pandemia. Malcom marcou dois gols na goleada por 4 a 0 do Zenit sobre o CSKA, o primeiro jogo do seu time depois da quarentena, e voltou a ter uma atuação de destaque no fim de semana, quando o líder do Campeonato Russo fez 2 a 1 no Samara.

DOUGLAS TANQUE
Atacante
26 anos
Paços de Ferreira (POR)

Douglas Tanque (Paços de Ferreira) - Divulgação - Divulgação
Imagem: Divulgação

Com quatro gols nas últimas cinco rodadas do Português, o atacante que já passou por Corinthians e Ponte Preta virou um dos destaques da retomada do futebol do país de Cristiano Ronaldo. Tanque foi essencial nas três vitórias obtidas pelo Paços de Ferreira no período (contra Rio Ave, Belenenses e Tondela), que fizeram com que o time deixasse a zona de rebaixamento e saísse de um cenário quase certo de volta para a segunda divisão na próxima temporada.

Rafael Reis