PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Rafael Reis


Venda de Arthur é o negócio mais caro do mundo nesta janela; veja top 10

Arthur será jogador da Juventus na próxima temporada; negócio é o mais caro desta janela de transferências - REUTERS/Albert Gea
Arthur será jogador da Juventus na próxima temporada; negócio é o mais caro desta janela de transferências Imagem: REUTERS/Albert Gea
Rafael Reis

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

29/06/2020 15h54

Anunciado hoje como reforço da Juventus para a próxima temporada, o meio-campista brasileiro Arthur virou também a transação mais cara da atual janela de transferências no futebol mundial.

Para tirar o ex-jogador do Grêmio do Barcelona, o clube italiano desembolsou 72 milhões de euros (R$ 439,2 milhões). Mas apenas uma pequena parte desse valor, 12 milhões de euros (R$ 73,2 milhões), foi paga em dinheiro.

Isso porque o negócio envolveu também a ida de Miralem Pjanic para a Catalunha. O meia, que estava na Juve desde 2016, entrou na transação com o preço de 60 milhões de euros (R$ 366 milhões).

Curiosamente, a transferência do bósnio só perde para a de Arthur no ranking dos negócios mais caros da temporada 2020/21.

Devido à crise econômica provocada pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19), a janela de busca de reforços deste meio de ano tem sido bastante discreta.

Até o momento, apenas cinco negócios romperam a barreira dos 50 milhões de euros (R$ 305,5 milhões). Além de Arthur e Pjanic, somente as compras dos direitos econômicos de Álvaro Morata (Atlético de Madri), Timo Werner (Chelsea) e Mauro Icardi (PSG) atingiram esse patamar.

No ano passado, o Mercado da Bola de junho/julho/agosto foi o maior da história do futebol e movimentou cerca de 7 bilhões de euros (R$ 42,7 bilhões, na cotação atual). Na ocasião, foram feitas 16 transferências de mais de 50 milhões de euros e três que ultrapassaram os 100 milhões de euros (R$ 611 milhões).

Apesar de as transações já terem sido anunciadas, Arthur e Pjanic continuarão defendendo Barcelona e Juventus, respectivamente, até o encerramento da temporada. Ou seja, eles poderão participar normalmente da reta final da Liga dos Campeões da Europa, que será disputada em agosto, em Portugal.

Os dois times ainda terão de disputar os jogos de volta das oitavas de final para continuarem na Champions. Nos confrontos de ida, o Barça empatou por 1 a 1 com o Napoli e a Juve foi derrotada por 1 a 0 pelo Lyon.

OS 10 REFORÇOS MAIS CAROS DA JANELA DE TRANSFERÊNCIAS

1 - Arhur (BRA, Juventus) - 72 milhões de euros
2 - Miralem Pjanic (ITA, Juventus) - 60 milhões de euros
3 - Álvaro Morata (ESP, Atlético de Madri) - 56 milhões de euros
4 - Timo Werner (ALE, Chelsea) - 53 milhões de euros
5 - Mauro Icardi (ARG, Paris Saint-Germain) - 50 milhões de euros
6 - Hakim Ziyech (MAR, Chelsea) - 40 milhões de euros
7 - Giovani Lo Celso (ARG, Tottenham) - 32 milhões de euros
8 - Francisco Trincão (POR, Barcelona) - 31 milhões de euros
9 - Emre Can (ALE, Borussia Dortmund) - 25 milhões de euros
Nicolò Barella (ITA, Inter de Milão) - 25 milhões de euros

Fonte: Transfermartkt

Rafael Reis