PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Rafael Reis

Por onde andam mais 7 brasileiros que foram artilheiros na Europa?

Elber fez sucesso pelo Bayern de Munique e é ídolo até hoje na Alemanha - Martin Rose/Bongarts/Getty Images
Elber fez sucesso pelo Bayern de Munique e é ídolo até hoje na Alemanha Imagem: Martin Rose/Bongarts/Getty Images
Rafael Reis

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

04/05/2020 04h00

Ser artilheiro de algum dos principais campeonatos nacionais da Europa não é para qualquer um. E a prova disso é que os atacantes mais importantes do Brasil na atualidade, como Neymar, Roberto Firmino e Gabriel Jesus, jamais conseguiram atingir esse feito.

Mas, ao longo das últimas décadas, vários representantes do futebol pentacampeão mundial terminaram temporadas na parte de cima da tabela dos goleadores máximos de Alemanha, Itália, Espanha, França, Inglaterra ou Portugal.

Por isso, na semana passada, o "Blog do Rafael Reis" relembrou sete brasileiros que foram artilheiros nesse primeiro escalão do Velho Continente e mostrou o que cada um deles anda fazendo da vida.

Devido ao sucesso do post, apresentamos abaixo outros sete homens de frente tupiniquins que foram goleadores na Europa e também identificamos por onde eles andam atualmente.

ELBER
Ex-atacante
47 anos
Artilheiro do Alemão (2001/02)

Maior ídolo brasileiro da história do Bayern, passou seis temporadas na equipe bávara e marcou 139 gols. Goleador da Bundesliga em 2001/02, com 21 tentos, Élber está até hoje no top 10 dos maiores artilheiros do clube (é o nono, logo atrás de Arjen Robben). Mais valorizado no exterior do que no Brasil (teve uma inexpressiva passagem pelo Cruzeiro no fim da carreira), o ex-centroavante trabalha até hoje para o Bayern na observação de jovens talentos que despontam por aqui e no resto do futebol sul-americano.

BALTAZAR
Ex-atacante
60 anos
Artilheiro do Espanhol (1988/89)

Baltazar, no Atlético de Madri - Getty Images - Getty Images
Imagem: Getty Images

Conhecido como "artilheiro de Deus", o atacante passou por Grêmio, Palmeiras e Flamengo e foi um dos fundadores do "Atletas de Cristo". Na Europa, Baltazar viveu seu auge no Atlético de Madri, clube pelo qual foi artilheiro do Campeonato Espanhol, mas também vestiu as camisas de Celta, Porto e Rennes. Ele ainda vive em Goiânia, sua cidade natal, e é empresário de jogadores de futebol. Além disso, continua religioso e se dedicando a trabalhos missionários.

MAZOLA
Ex-atacante
81 anos
Artilheiro do Italiano (1961/62)

José Altafini - PA Images via Getty Images - PA Images via Getty Images
Imagem: PA Images via Getty Images

Reserva do Brasil campeão mundial em 1958, mudou-se para a Itália depois da conquista do título, passou a ser conhecido pelo nome de batismo, José Altafini, e se transformou em ídolo do Milan. Mazola fez tanto sucesso no Calcio que até disputou mais um Mundial, em 1962, mas pela seleção italiana. Depois da aposentadoria, o ex-atacante decidiu continuar morando na Itália, onde se tornou um dos comentaristas esportivos mais importantes do país (chegou a emprestar sua voz para os games da série Pro Evolution Soccer). Apesar de já ser octogenário, ele continua em atividade nos microfones.

NENÊ
Meia-atacante
38 anos
Artilheiro do Francês (2011/12)

Contratado ainda antes de o Paris Saint-Germain virar um dos novos ricos do futebol europeu, brilhou muito com a camisa da equipe parisiense e foi o artilheiro do Campeonato Francês na temporada 2011/2012, com 21 gols. Em 2015, já bastante veterano e depois de uma longa carreira pela Europa (com direito a passagem pelo Qatar), retornou ao Brasil. Desde então, Nenê foi bem no Vasco, não se firmou no São Paulo e agora voltou a ter um papel de protagonista no Fluminense.

HULK
Atacante
33 anos
Artilheiro do Português (2010/11)

O atacante paraibano era praticamente um desconhecido no Brasil quando desembarcou no Porto, em 2008. Duas temporadas depois, viveu seu auge pelo clube, ao marcar 23 vezes no Campeonato Português. Depois de passar pela seleção brasileira e até disputar a Copa do Mundo-2014, Hulk joga desde 2016 no Shanghai SIPG, da China. Torcedor do Palmeiras, o atacante sempre aparece em rumores do Mercado da Bola como possível futuro reforço da equipe alviverde.

LIMA
Ex-atacante
36 anos
Artilheiro do Português (2011/12)

Lima, do Braga - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

O ex-atacante até teve uma passagem pelo Santos em 2008, mas foi em Portugal que construiu sua fama de artilheiro. Lima brilhou com as camisas de Belenenses, Benfica e Braga, time pelo qual foi goleador máximo da terra de Cristiano Ronaldo em 2011/12. Ele anunciou a aposentadoria dos gramados no começo do ano passado, depois de mais de duas temporadas inteiras sem conseguir disputar sequer uma partida oficial devido a uma série de problemas físicos.

PENA
Ex-atacante
46 anos
Artilheiro do Português (2000/01)

Pena, no Palmeiras - Enrique Marcarian/Reuters - Enrique Marcarian/Reuters
Imagem: Enrique Marcarian/Reuters

Xodó de Luiz Felipe Scolari no Palmeiras no final da década de 1990, o ex-atacante viveu a melhor fase da sua carreira logo que desembarcou em Portugal para defender o Porto. Artilheiro da primeira divisão lusitana em sua temporada de estreia pelo clube, Pena logo teve problemas de relacionamento com seu treinador e começou a ser emprestado para outras equipes. Ele se aposentou em 2011, depois de anos atuando em times pequenos da Bahia, e hoje administra uma escolinha de futebol em Vitória da Conquista, cidade onde nasceu e cresceu.