PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Por onde andam 7 ex-jogadores brasileiros que foram artilheiros na Europa

Brasileiro Jardel foi ídolo em sua passagem pelo Porto - Behrendt/ullstein bild via Getty Images
Brasileiro Jardel foi ídolo em sua passagem pelo Porto Imagem: Behrendt/ullstein bild via Getty Images
Rafael Reis

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

27/04/2020 04h00

Ser artilheiro de algum dos principais campeonatos nacionais da Europa não é para qualquer um. E a prova disso é que os atacantes mais importantes do Brasil na atualidade, como Neymar, Roberto Firmino e Gabriel Jesus, jamais conseguiram atingir esse feito.

Mas, ao longo das últimas décadas, vários representantes do futebol pentacampeão mundial terminaram temporadas na parte de cima da tabela dos goleadores máximos de Alemanha, Itália, Espanha, França, Inglaterra ou Portugal.

Por isso, o "Blog do Rafael Reis" relembra abaixo sete brasileiros que foram artilheiros nesse primeiro escalão do Velho Continente e aproveitar para responder à seguinte pergunta: o que cada um deles anda fazendo da vida atualmente?

JARDEL
Ex-atacante
46 anos
Artilheiro do Português (1996/97, 1997/98, 1998/99, 1999/2000 e 2001/02)

Top5 Portugal Jardel - Matthew Ashton/EMPICS via Getty Images - Matthew Ashton/EMPICS via Getty Images
Imagem: Matthew Ashton/EMPICS via Getty Images

Um dos brasileiros mais bem-sucedidos do Campeonato Português em todos os tempos, o ex-atacante do Grêmio fez história com as camisas do Porto e do Sporting. Mário Jardel, como ficou conhecido na terrinha, chegou a ganhar a Chuteira de Ouro, prêmio concedido ao artilheiro máximo das ligas nacionais da Europa, em duas oportunidades. Já na reta final da carreira, o ex-goleador revelou problemas com drogas. Depois de pendurar as chuteiras, entrou na vida política. Em 2014, foi eleito deputado estadual pelo Rio Grande do Sul. Dois anos depois, teve o mandato cassado por uma série de irregularidades: quebra de decoro parlamentar, rachadinha, manutenção de funcionários fantasmas...

BEBETO
Ex-atacante
56 anos
Artilheiro do Espanhol (1992/93)

Veterano de três Copas (1990, 1994 e 1998) e tetracampeão mundial com a seleção brasileira nos Estados Unidos, Bebeto viveu o auge da sua carreira na Europa entre 1992 e 1996, período em que transformou o Deportivo la Coruña em um dos times mais poderosos da Espanha. Artilheiro da La Liga na temporada 1992/93, Bebeto atuou profissionalmente até os 38 anos. Ele chegou a ter uma experiência como treinador (do América-RJ, em 2010), mas se encontrou mesmo foi na política. Filiado ao Podemos, é deputado estadual no Rio de Janeiro.

GRAFITE
Ex-atacante
41 anos
Artilheiro do Alemão (2008/09)

Grafite top5 Alemanha Blog do Julio Gomes - Taís Vilela/UOL - Taís Vilela/UOL
Imagem: Taís Vilela/UOL

O ex-atacante passou quatro anos na Alemanha e conseguiu um feito raro: desbancou a hegemonia do Bayern de Munique. Na temporada 2008/09, Grafite ajudou o Wolfsburg a ser campeão nacional, terminou a competição como artilheiro (28 gols) e ainda foi eleito o craque da Bundesliga. O sucesso acabou fazendo com que ele fosse convocado para a Copa do Mundo-2010. Aposentado há dois anos, o ex-jogador rapidamente assumiu um lugar como comentarista da Sportv e tem se destacado na nova função.

SONNY ANDERSON
Ex-atacante
49 anos
Artilheiro do Francês (1995/96, 1999/2000 e 2000/01)

Um dos principais atacantes brasileiros na Europa entre o final do século passado e o começo do atual, Anderson marcou época no Monaco e no Lyon. Além disso, também foi contratado pelo Barcelona com a difícil missão de substituir Ronaldo Fenômeno. Apesar do sucesso no Velho Continente, Sonny teve poucas chances na seleção. O ex-atacante mora até hoje na França e trabalha como comentarista esportivo por lá. Ele também já integrou a comissão técnica do Lyon e foi diretor de futebol de um time na Suíça (Neuchâtel Xamax).

AMOROSO
Ex-atacante
45 anos
Artilheiro do Italiano (1998/99) e do Alemão (2001/02)

Amoroso - Reprodução - Reprodução
Imagem: Reprodução

Assim como Sonny Anderson, o ex-atacante de São Paulo, Grêmio, Flamengo e Corinthians teve menos oportunidades na seleção que seus números fazem crer. Amoroso foi artilheiro de dois dos campeonatos nacionais mais importantes do planeta: Italiano, pela Udinese, e Alemão, com o Borussia Dortmund. Além disso, também foi goleador da J-League japonesa. Em 2016, sete anos depois de deixar os gramados, retomou a carreira em uma parceria com o Boca Ratón, time que disputa uma das inúmeras ligas menores do "soccer" nos Estados Unidos. Depois, aposentou-se novamente e passou a ser embaixador da equipe.

JONAS
Ex-atacante
36 anos
Artilheiro do Português (2015/16 e 2017/18)

Top5 Portugal Jonas - PATRICIA DE MELO MOREIRA/AFP - PATRICIA DE MELO MOREIRA/AFP
Imagem: PATRICIA DE MELO MOREIRA/AFP

Recém-aposentado, o ex-atacante que vestiu as camisas de Guarani, Santos e Grêmio, entre outros, é ídolo da maior torcida de Portugal. Jonas defendeu o Benfica entre 2014 e 2019, período em que ganhou quatro campeonatos nacionais e em que foi eleito três vezes como craque da primeira divisão. Com muitos problemas físicos, o ex-jogador resolveu abandonar o futebol profissional ao término da última temporada, mas já tem convite da diretoria do Benfica para retornar ao clube como embaixador da marca.

LIEDSON
Ex-atacante
42 anos
Artilheiro do Português (2004/05 e 2006/07)

Liedson, do Sporting - Pedro Armestre/AFP - Pedro Armestre/AFP
Imagem: Pedro Armestre/AFP

Ex-Flamengo e Corinthians, Liedson fez tanto sucesso com a camisa do Sporting, clube que defendeu durante oito temporadas, de 2003 a 2011, que acabou assumindo a cidadania portuguesa e disputando a Copa do Mundo-2010 ao lado de Cristiano Ronaldo. Após a passagem de sucesso por Lisboa, o ex-atacante ainda voltou a jogar no Brasil, onde vive no pós-carreira. Nos últimos anos, Liedson tem sido vítima de notícias falsas que alegam que ele está morto. Todas elas têm sido desmentidas, vida redes sociais, pelo próprio ex-jogador.