PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Rafael Reis


Você lembra como o Campeonato Espanhol parou? Veja o raio-x da competição

Lionel Messi comemora gol do Barcelona com Griezmann e Luis Suárez - Maja Hitij/Getty Images
Lionel Messi comemora gol do Barcelona com Griezmann e Luis Suárez Imagem: Maja Hitij/Getty Images
Rafael Reis

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

07/04/2020 04h20

Classificação e Jogos

O futebol europeu já está paralisado há cerca de um mês em virtude da pandemia do novo coronavírus (covid-19) e ainda não tem data certa para voltar. A maioria dos times ainda nem iniciou seus treinos visando um possível retorno para a reta final da temporada, que ainda pode ser cancelada.

Mas será que você ainda lembra como estavam os principais campeonatos de futebol do planeta quando o vírus se alastrou e impediu que eles continuassem sendo disputados normalmente?

Ao longo desta semana, o "Blog do Rafael Reis" passa a trazer diariamente um raio-x de como pararam as competições interclubes mais importantes do futebol mundial.

Hoje é dia de lembrar como está a disputa do Campeonato Espanhol, a liga nacional que estava vendo uma disputa ferrenha entre Barcelona e Real Madrid pela taça.

JOGOS DISPUTADOS: 270 (71% do total)
ÚLTIMO JOGO: 8 de março, Betis 2 x 1 Real Madrid
LÍDER: Barcelona (58 pontos)
ZONA DE CLASSIFICAÇÃO PARA LIGA DOS CAMPEÕES: Real Madrid (56), Sevilla (47) e Real Sociedad (46)
ZONA DE CLASSIFICAÇÃO PARA LIGA EUROPA: Getafe (46) e Atlético de Madri (45)
ZONA DE REBAIXAMENTO: Mallorca (25), Leganés (23) e Espanyol (20)

MELHOR ATAQUE: Barcelona (63 gols)
MELHOR DEFESA: Real Madrid (19 gols)
MELHOR MOMENTO: Barcelona (5 vitórias e 1 derrota nas últimas 6 partidas)
MAIOR INVENCIBILIDADE: Atlético de Madri (5 jogos sem perder)
MAIS VITÓRIAS: Barcelona (18)
MAIS EMPATES: Atlético de Madri (12)
MAIS DERROTAS: Mallorca (16)

ARTILHEIRO: Lionel Messi (Barcelona), 19 gols
MAIOR GARÇOM: Lionel Messi (Barcelona), 12 assistências
MELHOR JOGADOR: Lionel Messi (Barcelona), nota 8,61 ("WhoScored?")
MELHOR BRASILEIRO: Casemiro (Real Madrid), nota 7,54 ("WhoScored?")

SELEÇÃO DO CAMPEONATO ("WhoScored?")
Aitor Fernández (Levante); Dani Carvajal (Real Madrid), Raphaël Varane (Real Madrid), Íñigo Martínez (Athletic Bilbao) e Sergio Reguilón (Sevilla); Lionel Messi (Barcelona), Casemiro (Real Madrid), Mikel Merino (Real Sociedad) e Saúl Ñíguez (Atlético de Madri); Luis Suárez (Barcelona) e Karim Benzema (Real Madrid)

Rafael Reis