PUBLICIDADE
Topo

Histórico

Rafael Reis

Ele tem só 15 anos, passou dos 100 gols e já joga pela seleção alemã sub-19

Youssoufa Moukoko tem só 15 anos, mas já defende a seleção sub-19 da Alemanha - AFP
Youssoufa Moukoko tem só 15 anos, mas já defende a seleção sub-19 da Alemanha Imagem: AFP
Rafael Reis

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

18/03/2020 04h00

Na última convocação da seleção alemã sub-19, um nome chamou a atenção. A lista para as eliminatórias da Eurocopa da categoria estava repleta de garotos de 18 e 19 anos. Mas tinha uma única exceção: um centroavante nascido no dia 20 de novembro de 2004.

O nome dele é Youssoufa Moukoko, um adolescente de 15 anos que vem destruindo recordes nas categorias de base germânicas, mesmo sempre atuando contra adversários que são de três a quatro anos mais velhos.

Há apenas dez dias, o atacante do Borussia Dortmund se tornou o maior artilheiro de uma única edição da versão sub-19 do Campeonato Alemão ao anotar 34 gols em 20 partidas.

Não, essa informação não está errada. Um menino de 2004 tem média de 1,7 tento por jogo em uma competição que permite a presença de jogadores nascidos a partir de 2001. E essa marca jamais foi atingida antes, nem mesmo por garotos que já estavam no limite da idade.

É por essas e outras que Moukoko é considerado atualmente o maior fenômeno das categorias de base europeias.

O atacante nasceu em Yaoundé, capital de Camarões, e permaneceu na África durante os dez primeiros anos de sua vida. Assim que chegou à Alemanha, ingressou nos times inferiores do St. Pauli. A partir daí, viu sua carreira decolar como um foguete.

Aos 12 anos, mudou-se para o Dortmund, marcou seus primeiros gols no Alemão sub-17 e foi parar nas capas dos principais jornais do país. O sucesso logo lhe rendeu um contrato de patrocínio com a Nike que pode chegar a casa dos 10 milhões de euros (R$ 55 milhões).

Bom demais para atuar no sub-17 mesmo sem ainda ter alcançado a idade para atuar na categoria, o centroavante foi promovido em agosto passado para o time sub-19. Logo na estreia, marcou seis vezes na vitória por 9 a 2 sobre o Wuppertal.

Desde o dia 7 de dezembro, o novo astro do Dortmund balançou as redes em todos os jogos que disputou. Foram 16 gols apenas nas últimas oito partidas, o que tornou inevitável sua convocação para a seleção júnior.

No total, o centroavante tem 126 gols marcados em 83 partidas disputadas desde que chegou à base do clube.

Na atual temporada, Moukoko também fez seus primeiros treinos com a equipe principal. A estreia entre os adultos só não foi possível ainda porque o regulamento do futebol alemão proíbe a escalação de menores de 16 anos.

Ou seja, até novembro, o menino-gol do Dortmund continuará restrito aos amistosos e torneios de base. Depois, estará livre para reforçar o elenco que ocupa a vice-liderança da Bundesliga, com 51 pontos, quatro a menos que o Bayern de Munique.

O planejamento da diretoria aurinegra é que Moukoko seja preparado para ser o substituto de Erling Haaland, revelação desta temporada e vice-artilheiro da Liga dos Campeões. Se tudo der certo, o novo fenômeno alemão deve assumir a titularidade quando o norueguês for negociado, em um ano e meio ou dois anos.