PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Rafael Reis


Na TV: 7 ex-jogadores que são os Caios e Casagrandes dos seus países

Andrea Pirlo, ex-jogador italiano que virou comentarista da Sky Sports - Reprodução
Andrea Pirlo, ex-jogador italiano que virou comentarista da Sky Sports Imagem: Reprodução
Rafael Reis

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

21/02/2020 04h00

O que fazer quando pendurar as chuteiras? Alguns jogadores decidem continuar na rotina dos clubes de futebol e viram treinadores. Outros optam por radicalizar e se afastam completamente da modalidade. E há ainda os que se aproveitam da fama construída nos gramados para tentar a sorte como comentaristas esportivos.

A televisão brasileira está cheia de ex-atletas que trocaram a bola pelos microfones. Caio Ribeiro, Casagrande e Júnior trabalham há anos para a Globo. Neto e Denilson são alguns dos principais nomes do casting da Band. E isso sem falar dos canais fechados e seus elencos repletos de ex-esportistas.

Mas esse não é um fenômeno exclusivo do nosso país. O "Blog do Rafael Reis" apresenta abaixo sete jogadores estrangeiros de sucesso que se transformaram em comentaristas em seus países depois da aposentadoria.

GARY LINEKER
Ex-atacante
59 anos
Inglês

Artilheiro da Copa do Mundo de 1986 e eleito o terceiro melhor jogador do mundo em 1991, o ex-centroavante de Tottenham, Barcelona e Leicester é uma das vozes mais influentes da imprensa futebolística no Reino Unido. Lineker já tem 25 anos de carreira, trabalhou durante quase uma década no tradicional "Match of the Day", da BBC, e atualmente cobre a Liga dos Campeões da Europa para a o BT Sport. Em 2016, ele chegou a apresentar de cuecas um programa de TV para cumprir uma promessa feita caso o Leicester, seu time de coração, fosse campeão inglês.

SANTIAGO CAÑIZARES
Ex-goleiro
50 anos
Espanhol

Felice Calabro/AP Photo
Imagem: Felice Calabro/AP Photo

Formado na base do Real Madrid, fez história como goleiro do Valencia e disputou as Copas do Mundo de 1994, 1998 e 2006. Em 2002, só não foi também para a competição porque se cortou com um vidro de perfume e não teve condições de defender a meta da seleção espanhola. Depois que se aposentou, passou a se dividir entre dois novos trabalhos: piloto de rali e comentarista de futebol. Cañizares faz parte da equipe da Movistar+, que transmite o Campeonato Espanhol e a Champions para seu país, e também atua na Cadena Cope de rádio.

ANDREA PIRLO
Ex-meia
40 anos
Italiano

A Itália é uma das precursoras na utilização de ex-jogadores como comentaristas esportivos. E, por isso mesmo, acaba sendo um paraíso para os atletas aposentados que desejam uma carreira nos microfones. Alessandro del Piero, Fabio Capello, Mauro Camoranesi e Andriy Shevchenko já se aventuraram na profissão. Um dos que aderiram recentemente à moda foi o ex-meia Andrea Pirlo, que disputou mais de 100 partidas pela Azzurra e que estreou em 2018 como comentarista da Sky Sports, detentora dos direitos de transmissão do Campeonato Italiano.

LOTHAR MATTHÄUS
Ex-líbero
58 anos
Alemão

Ao contrário do que acontece na Itália, a Alemanha costuma priorizar jornalistas, e não ex-jogadores, trabalhando como comentaristas em suas transmissões esportivas. Mas há algumas exceções. Uma das principais é Lothar Matthäus, eleito o melhor jogador do planeta em 1991 e capitão da seleção na conquista do tricampeonato mundial, um ano antes. O ex-líbero foi durante oito anos colunista do tabloide "Bild" e trabalha analisando futebol para emissoras do mundo todo (até já participou de mesas redondas no Brasil). Na Alemanha, ele faz parte da equipe da Sky Sports.

BIXENTE LIZARAZU
Ex-lateral
50 anos
Francês

Titular da seleção francesa na conquista da Copa do Mundo de 1998 e jogador de destaque do Bayern de Munique durante a maior parte de sua carreira, Lizarazu é um prestigiado comentarista que analisa partidas de futebol tanto na França (trabalha na TF1, líder de audiência no país) quanto na Alemanha (faz parte da equipe da RTL). Multimídia, o ex-lateral esquerdo também escreve colunas para o "L'Équipe", o principal jornal esportivo da imprensa francesa.

MARIO KEMPES
Ex-atacante
65 anos
Argentino

Juan Mabromata/AFP Photo
Imagem: Juan Mabromata/AFP Photo

Um dos maiores atacantes argentinos da história, foi o líder da seleção na conquista da Copa do Mundo de 1978 e terminou a competição como artilheiro e principal jogador. O ex-centroavante até tentou uma carreira de treinador, mas se encontrou mesmo foi como comentarista esportivo. Kempes faz parte da equipe latina da ESPN, que transmite conteúdo para os Estados Unidos e também para vários países das Américas Central e do Sul. Desde 2013, o ex-jogador também empresta seus comentários para as versões anuais do game Fifa.

ALEXI LALAS
Ex-zagueiro
49 anos
Norte-americano

Mike Coppola/Getty Images para FOX Sports
Imagem: Mike Coppola/Getty Images para FOX Sports

Um dos nomes mais emblemáticos da história da seleção norte-americana, o ex-zagueiro que disputou as Copas do Mundo de 1994 e 1998 hoje empresta seu carisma às transmissões esportivas. O ex-jogador, que também se aventurou como músico, fez sucesso como analista de futebol na ESPN e, cinco anos atrás, transferiu-se para a Fox Sports, onde está até hoje. Em 2018, ele chegou a ser indicado ao Emmy de melhor comentarista esportivo da TV norte-americana, algo inédito para quem trabalha com futebol.

Rafael Reis