PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Rafael Reis


Fla é o clube que mais faturou no mundo nesta janela e o 5º que mais gastou

Contratado pelo Flamengo, Gabigol é o reforço mais caro da história de um clube brasileiro - Getty Images
Contratado pelo Flamengo, Gabigol é o reforço mais caro da história de um clube brasileiro Imagem: Getty Images
Rafael Reis

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

29/01/2020 10h52

Campeão brasileiro e da Libertadores no ano passado, o Flamengo é um dos personagens principais da atual edição do Mercado da Bola. Não apenas dentro do país, mas sim no mundo todo.

Até o momento, o clube carioca é o quinto do planeta inteiro que mais gastou em reforços nesta janela de transferências. Além disso, é o que mais faturou com a negociação de jogadores.

No total, a equipe rubro-negra recebeu 36 milhões de euros (R$ 165,6 milhões) com vendas de atletas. Só a transação de Reinier com o Real Madrid rendeu 30 milhões de euros (R$ 138,9 milhões). O restante é referente às idas de Pablo Marí e Matheus Sávio para Arsenal e Kashiwa Reysol, do Japão, respectivamente.

Só a Atalanta se aproxima do faturamento do Flamengo neste mercado. O clube italiano faturou 35 milhões de euros (R$ 162,1 milhões) com a venda do sueco Dejan Kulusevski para a Juventus, no maior negócio fechado até o momento em janeiro.

Com relação ao valor gasto com novos jogadores, o campeão sul-americano da última temporada está atrás apenas de Napoli, Espanyol, Hertha Berlim e Juventus.

O investimento para as chegadas de Léo Pereira, Gabriel Barbosa, Michael, Pedro, Gustavo Henrique, Pedro Rocha, Thiago Maia e Thiago (ex-Náutico) foi de cerca de 34,5 milhões de euros (R$ 158,7 milhões).

Gabigol, a contratação mais cara da história de um clube brasileiro, custou sozinho 17,4 milhões de euros (R$ 80,5 milhões), de acordo com o Transfermarkt, site especializado na cobertura do Mercado da Bola.

Vale lembrar que, diferente do que acontece no Brasil, a janela de transferências de janeiro não é a principal para os clubes da Europa. Nessa época do ano, ele costumam apenas consertar buracos dos seus elencos. Por isso, há um volume menor de negócios e de dinheiro envolvido.

No total, a janela de transferências deste ano fez girar até o momento 896 milhões de euros (R$ 4,1 bilhões).

O montante de dinheiro movimentado pelo Mercado da Bola ainda não chegou à marca registrada na temporada passada. Em janeiro de 2019, o volume das transferências globais ultrapassou a casa do 1 bilhão de euros (R$ 4,6 bilhões, na cotação atual).

O período permitido para contratações nos principais campeonatos nacionais da Europa (Espanha, Itália, Inglaterra, Alemanha e França) vai até o dia 31 de janeiro. No Brasil, a janela para a chegada de reforços vindos do exterior termina só em 2 de abril.

Os 10 clubes que mais faturaram na janela de janeiro

1 - Flamengo (BRA) - 36 milhões
2 - Atalanta (ITA) - 35 milhões de euros
3 - Benfica (POR) - 29 milhões
4 - Lyon (FRA) - 25 milhões
5 - Inter de Milão (ITA) - 21,4 milhões
6 - Sevilla (ESP) - 20,5 milhões
7 - Borussia Dortmund (ALE) - 20 milhões
Celta (ESP) - 20 milhões
Dínamo Zagreb (CRO) - 20 milhões
Leganés (ESP) - 20 milhões
Red Bull Salzburg (AUT) - 20 milhões
Tottenham (ING) - 20 milhões

Os 10 clubes mais gastões

1 - Napoli (ITA) - 48,5 milhões de euros
2 - Espanyol (ESP) - 39 milhões
3 - Hertha Berlim (ALE) - 36 milhões
4 - Juventus (ITA) - 35 milhões
5 - Flamengo (BRA) - 34,5 milhões
Tottenham (ING) - 34,5 milhões
7 - Chivas Guadalajara (MEX) - 31,5 milhões
8 - Real Madrid (ESP) - 30 milhões
9 - Fulham (ING) - 26,6 milhões
10 - Inter de Milão (ITA) - 21,5 milhões

Os 10 brasileiros mais caros

1 - Reinier (Real Madrid) - 30 milhões de euros
2 - Gabigol (Flamengo) - 17,4 milhões
3 - Michael (Flamengo) - 7,5 milhões
4 - Léo Pereira (Flamengo) - 7 milhões
5 - Artur (Red Bull Bragantino) - 5,5 milhões
6 - Luan (Corinthians) - 5 milhões
7 - Tiago Volpi (São Paulo) - 4,5 milhões
8 - João Pedro (Watford-ING) - 4 milhões
9 - Allan (Atlético-MG) - 3,5 milhões
10 - Alerrandro (Red Bull Bragantino) - 3 milhões

Os 10 reforços mais caros

1 - Dejan Kulusevski (SUE, Juventus) - 35 milhões de euros
2 - Reinier (BRA, Real Madrid) - 30 milhões
Steven Bergwijn (HOL, Tottenham) - 30 milhões
4 - Lucas Tousart (FRA, Hertha Berlim) - 25 milhões
5 - Christian Eriksen (DIN, Inter de Milão) - 20 milhões
Dani Olmo (ESP, RB Leipzig) - 20 milhões
Erling Braut Haaland (NOR, Borussia Dortmund) - 20 milhões
Julian Weigl (ALE, Benfica) - 20 milhões
Raúl de Tomás (ESP, Espanyol) - 20 milhões
Stanislav Lobotka (SVK, Napoli) - 20 milhões
Youssef En-Nesyri (MAR, Sevilla) - 20 milhões
TOTAL DA JANELA: 896 milhões de euros

Fonte: Transfermarkt

Band Sports: Flamengo está à frente de todos, diz Marília Ruiz

Band Sports

Rafael Reis