PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Rafael Reis


Quem é a mulher que pode fazer de Mbappé o jogador mais caro da história?

Estafe de Kylian Mbappé, atacante do Paris Saint-Germain que é sonho do Real Madrid - Reprodução
Estafe de Kylian Mbappé, atacante do Paris Saint-Germain que é sonho do Real Madrid Imagem: Reprodução
Rafael Reis

Jornalista formado pela Universidade Estadual de Londrina e mestre em comunicação pela Fundação Cásper Líbero, foi repórter da Folha de S. Paulo por nove anos e mantém um blog sobre futebol internacional no UOL desde 2015.

27/01/2020 04h00

Classificação e Jogos

Não é novidade para ninguém que o Real Madrid sonha com Kylian Mbappé. O clube mais vitorioso da história da Liga dos Campeões da Europa namora o atacante francês desde que ele era um adolescente que ainda nem havia chegado ao futebol profissional.

Mas o desejo da equipe espanhola de tirar a jovem estrela do Paris Saint-Germain para reforçar seu elenco nas próximas temporadas ganhou uma importante aliada nos últimos meses.

Mbappé, que não tem empresário e cuja carreira é administrada pelo pai, contratou a empresária Delphine Verheyden para participar da equipe que toma conta dos seus interesses profissionais.

A manobra, segundo o jornal espanhol "As", não é apenas uma mera questão administrativa. Ela tem um objetivo claro: encontrar uma forma de concretizar a transferência do PSG para o Real.

Ainda de acordo com o diário, o primeiro conselho dado por Verheyden ao novo cliente foi o de, em hipótese nenhuma, aceitar uma renovação de contrato com o clube que vem dominando o futebol francês.

O atacante tem vínculo com o PSG até junho de 2022. Na prática, isso significa ele pode assinar um pré-contrato com uma nova equipe, sem ter de pagar sequer um centavo a seu clube atual, daqui dois anos.

A ideia de Verheyden é fazer com que o time parisiense tenha medo desse cenário de "perda dupla" (ver Mbappé ir embora e, ainda por cima, ficar de mãos abanando). A partir desse temor, seria mais fácil convencê-lo a negociar com o Real.

A aposta da advogada é que a transação poderá acontecer já na próxima janela de transferências, em julho. Ou, no mais tardar, um ano depois, no início da temporada 2021/22, a última que o atacante precisa, por contrato, cumprir em Paris.

Caso se concretize, a transferência do jovem de 21 anos para a Espanha provavelmente se tornará a mais cara da história do futebol mundial.

O recorde atual pertence ao brasileiro Neymar, que trocou o Barcelona pelo PSG, em 2017, em um negócio que movimentou 222 milhões de euros (pouco mais de R$ 1 bilhão, na cotação atual). No mesmo ano, Mbappé deixou o Monaco por 180 milhões de euros (R$ 830 milhões), a segunda maior transação já vista.

Foi nessa época que o atacante conheceu Verheyden, a mulher que agora tem a missão de fazer seu cliente subir mais um degrau e alcançar o topo desse ranking.

AS 10 TRANSFERÊNCIAS MAIS CARAS DA HISTÓRIA
1 - Neymar (BRA/Paris Saint-Germain/2017) - 222 milhões de euros
2 - Kylian Mbappé (FRA/Paris Saint-Germain/2017) - 180 milhões
3 - Philippe Coutinho (BRA/Barcelona/2018) - 160 milhões
4 - João Félix (POR/Atlético de Madri/2019) - 126 milhões
5 - Ousmane Dembélé (FRA/Barcelona/2017) - 125 milhões
6 - Antoine Griezmann (FRA/Barcelona/2019) - 120 milhões
7 - Cristiano Ronaldo (POR/Juventus/2018) - 117 milhões
8 - Paul Pogba (FRA/Manchester United/2016) - 105 milhões
9 - Gareth Bale (GAL/Real Madrid/2013) - 101 milhões
10 - Eden Hazard (BEL/Real Madrid/2019) - 100 milhões

Rafael Reis