PUBLICIDADE
Topo

Blog do Perrone

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Perrone: Renato Augusto vira principal jogador do Corinthians de Sylvinho

 Renato Augusto jogador do Corinthians comemora seu gol durante partida contra o Bragantino no estadio Nabi Abi Chedid pelo campeonato Brasileiro A 2021.  - Diogo Reis/AGIF
Renato Augusto jogador do Corinthians comemora seu gol durante partida contra o Bragantino no estadio Nabi Abi Chedid pelo campeonato Brasileiro A 2021. Imagem: Diogo Reis/AGIF
Conteúdo exclusivo para assinantes
Perrone

Ricardo Perrone é formado em jornalismo pela PUC-SP, em 1991, cobriu como enviado quatro Copas do Mundo, entre 2006 e 2018. Iniciou a carreira nas redações dos jornais Gazeta de Pinheiros e A Gazeta Esportiva, além de atuar como repórter esportivo da Rádio ABC, de Santo André. De 1993 a 1997, foi repórter da Folha Ribeirão, de onde saiu para trabalhar na editoria de esporte do jornal Notícias Populares. Em 2000, transferiu-se para a Folha de S.Paulo. Foi repórter da editoria de esporte e editor da coluna Painel FC. Entre maio de 2009 e agosto de 2010 foi um dos editores da Revista Placar.

03/10/2021 11h25

São apenas sete jogos em seu retorno ao Corinthians, mas Renato Augusto já se transformou em principal jogador do Corinthians de Sylvinho, na opinião deste colunista.

Versatilidade, precisão nos passes, ofensividade e boa pontaria conferem esse status ao meio-campista, autor de dois gols até aqui.

As estatísticas de Red Bull Bragantino 2 × 2 Corinthians, no último sábado (2), confirmam esses atributos e como Renato é fundamental para o time.

Segundo o Sofascore, ele foi o corintiano que mais finalizou. Foram quatro finalizações. Todas no alvo. Numa delas, fez o primeiro gol da reação corintiana.

O ex-jogador da Seleção Brasileira deu 62 passes e só errou quatro. Seu índice de acerto foi de 94%. Foram sete lançamentos e apenas um errado. Apesar de sua participação na marcação, ele não cometeu faltas.

Esses números ajudam a confirmar como Renato é versátil/completo. Ele sabe jogar como meia de construção, graças à sua qualidade nos passes, lançamentos e visão de jogo, é eficiente no ataque e ajuda o time defensivamente.

Na parte final do jogo contra o Bragantino, essa versatilidade também foi demonstrada quando ele passou a atuar como primeiro volante no lugar de Cantillo, que saiu para a entrada de Adson.

Há ainda a importância de sua liderança natural para o time. Ela pode ser vista, por exemplo, na relação com a arbitragem. Nos lances mais críticos, ele costuma se apresentar para falar com o juiz. Até agora, fez isso sem dar escândalo.

Seria injusto creditar a evolução do Corinthians no Brasileirão só a Renato Augusto. Willian, Giuliano e Roger Guedes também foram decisivos para esse crescimento. Mas Renato foi quem mostrou o melhor pacote técnico e tático até agora. A conferir o que Willian fará quando ganhar mais ritmo de jogo.

Inscreva-se no Canal Ricardo Perrone no YouTube.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Blog do Perrone